TRÁGICO: Mãe obriga filho de 3 anos a se despedir do pai antes de atirar contra ele

Antes de executar o filho, ela atirou em fotos do casamento

TRÁGICO: Mãe obriga filho de 3 anos a se despedir do pai antes de atirar contra ele

Foto: Divulgação

Uma mãe do Texas pediu para o filho de 3 anos "dizer adeus ao papai" momentos antes de atirar no menino e depois apontar a arma para si mesma, relataram autoridades policiais do estado norte-americano. Savannah Kriger, de 32 anos, e seu filho Kaiden foram encontrados mortos com ferimentos de bala na cabeça em um parque de San Antonio em 19 de março.
 
Horas antes do ocorrido, Kriger danificou móveis e pertences do ex-marido em na casa do casal, além de enviar mensagens perturbadoras, anunciando: "Você não terá absolutamente nada até o final do dia".
 
“Você não tem nada para ir para casa agora. Você não tem”, disse Kriger em uma ligação do FaceTime. “Você não terá nada no final do dia”. A mensagem final para seu ex dizia: “Diga adeus ao seu filho”.
 
O episódio começou quando ela saiu do trabalho em 18 de março e foi diretamente para a casa do ex-marido, enquanto ele estava no trabalho, segundo o Gabinete do Xerife do Condado de Bexar.
 
Após os danos causados na casa do ex-marido, Kriger retornou à sua própria residência, onde, mais tarde, disparou dois tiros contra fotos do seu casamento.
 
“Acreditamos que ela disparou dois tiros contra os retratos de casamento”, disse o xerife Javier Salazar.
 
Kriger, então, buscou seu filho na creche e iniciou uma sequência de mensagens para o pai de Kaiden, alertando-o sobre a perda iminente.
 
Um vídeo de 21 segundos recuperado do telefone de Kriger mostrou-a com o filho na vala do parque, onde seus corpos foram encontrados posteriormente. Embora o vídeo não tenha registrado os disparos, as autoridades afirmaram que as intenções de Kriger eram evidentes. Os corpos foram descobertos após um alerta de busca ser emitido na área.
 
O Gabinete do Examinador Médico do Condado de Bexar classificou rapidamente as mortes como homicídio-suicídio.
 
As autoridades também revelaram que o menino estava no centro de uma batalha pela custódia, com Kriger tendo pedido o divórcio e uma ordem de restrição temporária contra seu ex-marido em 7 de março. O ex-casal deveria comparecer ao tribunal em 19 de março, o dia em que os corpos foram descobertos, para uma audiência de custódia.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Aldo Júlio em Rolim de Moura?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ariquemes tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS