COVARDIA: Mulher morta e arrastada na rua não tinha relação com assassino, diz avó da vítima

Caso aconteceu em Mato Grosso. Bruna Oliveira tinha 23 anos; suspeito foi preso

COVARDIA: Mulher morta e arrastada na rua não tinha relação com assassino, diz avó da vítima

Foto: Divulgação

 
A avó de Bruna Oliveira, mulher de Sinop (MT) que foi morta e arrastada na rua enquanto amarrada em uma moto, contou que a neta não tinha relações com o acusado de cometer o crime, Wellington Honorato.
 
A avó, Zumira da Rosa, foi entrevistada por um jornal local de Mato Grosso. Ela contou que, horas antes de desaparecer, Bruna deixou as filhas com a família. “Ela foi lá em casa no sábado e ainda limpou a casa e disse que deixaria as meninas e que logo voltava, porque não tinha levado roupa para elas. Daí ela saiu e ela não voltou mais”, disse.
 
Bruna foi morta no último domingo (02), com facadas, arrastada pelo pescoço, amarrada a uma moto, por cerca de três quadra e jogada em uma vala. Câmeras de segurança registraram a brutalidade. 
 
O suspeito foi preso na tarde de segunda-feira (3), em Nova Maringá, a 392 km de Cuiabá.
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS