DE NOVO: Fiscalização indica falta de médicos plantonistas no Hospital João Paulo II

Segundo Tribunal de Contas, profissionais de saúde que estavam de sobreaviso não atenderam chamados

DE NOVO: Fiscalização indica falta de médicos plantonistas no Hospital João Paulo II

Foto: Divulgação/TCE-RO

Mais uma inspeção realizada pelo Tribunal de Contas de Rondônia (TCE/RO) revelou uma situação que é conhecida todos os dias e que a população sofre sempre: a falta sistemática de médicos de plantão no Hospital Pronto-Socorro João Paulo II, o principal centro de atendimento de urgência e emergência do estado.

 

Durante essa ação, conduzida por auditores do TCE na última quinta-feira (11), foi constatado que os profissionais de saúde não estavam cumprindo integralmente sua carga horária estabelecida.

 

Além disso, verificou-se que os profissionais de saúde em sobreaviso, ou seja, disponíveis para atender a qualquer momento, não responderam aos chamados da equipe quando solicitados.

 

De acordo com o Tribunal de Contas, essa falta de médicos de plantão resulta em prejuízos reais no atendimento à população.

 

Foto: Divulgação/TCE-RO

 

Segundo o TCE, o caso "foi levado ao conhecimento da administração estadual, que é a responsável pelo gerenciamento da unidade hospitalar".

 

Por sua vez, o Governo do Estado explicou que os médicos ortopedistas presentes no João Paulo II durante a inspeção do Tribunal de Contas estavam ocupados atendendo pacientes, o que justificaria a ausência de uma resposta imediata ao chamado. Veja nota abaixo:

 

"A Secretaria de Estado da Saúde de Rondônia – SESAU esclarece, que referente à presença dos médicos ortopedistas no Pronto Socorro João Paulo ll no momento da solicitação dos fiscais do TCE, estavam em atendimento com pacientes, o que dificultou uma resposta imediata ao chamado.

 

A direção da unidade salienta sobre a observação da escala de cirurgia plástica, a qual é uma especialidade em regime de sobreaviso, seguindo um cronograma específico da unidade parceira, o Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro – HB".

Direito ao esquecimento
Como você classifica os serviços da Energisa?
Como você classifica a gestão do prefeito Hildon Chaves em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS