LITERATURA: Com evento inclusivo, Prefeitura de Porto Velho celebra o Dia Internacional do Livro Infantil

Ação foi especialmente planejada para crianças com deficiência auditiva

LITERATURA: Com evento inclusivo, Prefeitura de Porto Velho celebra o Dia Internacional do Livro Infantil

Foto: Divulgação

Um evento especial realizado pela Prefeitura de Porto Velho, com foco na inclusão social, celebrou o Dia Internacional do Livro Infantil, comemorado em 2 de abril. A programação foi organizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Biblioteca Municipal Viveiro das Letras e a Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Bilíngue.

 

O Diretor da Biblioteca, Alexandre Dourado, destaca que “a leitura de livros infantis é uma forma de intermediar a relação entre pais e filhos, e que o estímulo à leitura permite a criação de valores na criança, assim como a tolerância a outras culturas e a natureza”.

 

Com o intuito de valorizar e fomentar a literatura infantojuvenil, a ação foi especialmente planejada para crianças com deficiência auditiva, garantindo que elas pudessem participar plenamente das atividades.

 


Leitura e libras

 

Coube às professoras da Biblioteca Municipal realizarem a leitura dos livros, enquanto as educadoras da Escola Bilíngue de Porto Velho interpretaram em Língua Brasileira de Sinais (Libras) para que as crianças com deficiência auditiva pudessem entender a leitura.

 

Ainda durante o evento, a professora Marta de Oliveira Cruz, que também é servidora da Biblioteca Viveiro das Letras, apresentou a obra “Será que era o boto?”, da autora Monise Adriana Buzo Velho, outra servidora do município.

 

Obras internacionais

 

Além das obras traduzidas, o Brasil também possui títulos literários infantis reconhecidos internacionalmente, como “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, de Jorge Amado, “Bisa Bia, Bisa Bel”, de Ana Maria Machado, e “A Bruxinha Atrapalhada”, de Eva Furnari.

 

Origem do dia

 

O Dia Internacional do Livro Infantil é comemorado anualmente em 2 de abril, em homenagem ao escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, autor de obras atemporais como “A Pequena Sereia”. Essa celebração visa despertar o amor pela leitura e homenagear autores, leitores e a literatura infantil em todo o mundo.

 

A iniciativa ainda tem o propósito de incentivar a leitura, acesso à cultura e informação, promovendo a inclusão e o amor pelos livros desde a infância.

 

Programação

 

Entre outros atrativos, houve uma breve discussão sobre a importância da biblioteca pública e da leitura, exposição de livros infantis, as crianças criaram histórias a partir de seus desenhos, teve visita guiada pelos espaços da biblioteca, ocasião em que as crianças conheceram os acervos e área de lazer, além de distribuição de livros feitos pelas crianças e lápis decorados.

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Aldo Júlio em Rolim de Moura?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ariquemes tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS