BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ELEIÇÃO: Partido Social Cristão vai lançar pré-candidato a prefeito em Porto Velho

O PSC afirma que as Igrejas Assembleias de Deus na capital estarão unidas em torno desse nome

ASSESSORIA

07 de Agosto de 2020 às 14:56

Atualizada em : 07 de Agosto de 2020 às 17:11

Foto: Divulgação

É bem notório e oportuno que, cada sigla partidária se organize da melhor forma, já no limiar do pleito eleitoral, ou seja, ainda neste período da pré-campanha. Todavia nem todos os partidos conseguem fechar a contento alianças robustas, ou como queiram, com expressivos grupos.

 

A propósito, o partido social cristão, hoje sobre novo comando, na esfera estadual, vem agregando estas forças motrizes, em todas as categorias. Que por certo darão um suporte a mais na candidatura majoritária da sigla em apreço, aqui na capital.

 

Dentre estas adesões registra-se com ênfase a união das igrejas evangélicas, tendo em seu rol de apoio a favor, a maior denominação religiosa do estado. Sejam, todas as congregações da Assembleia de Deus, que se juntam em definitivo, num mesmo proposito, no firme proposito de apoiar irrestritamente a pré- candidatura do apresentador de TV e ex-deputado Edvaldo Soares; com vista a sucessão do Palácio Tancredo Neves.

 

Assim o nobre pré-candidato a prefeito, ministro evangélico, passa a ter o apoio das mais de (500) igrejas assembleianas da capital. Haja vista que a própria vereadora Joelna Holder, já migrou para as hostes partidárias do social cristão, também no firme intento de apoia-lo.

 

Entre outras conquistas o partido conseguiu uma arrojada nominata para disputa das cadeiras proporcionais da câmara municipal. Assim esta agremiação partidária (PSC), avança também na aproximação de todos os partidos cristãos e por que não, na direção de outras siglas de menor porte que estejam ainda na busca de parceiros e aliados.

 

Contudo, não se possa duvidar com todo este aparato, que os cristãos possam vir em ritmo forte e acelerado para esta disputa eleitoral. É também o que acreditam piamente, todo o clero da primitiva igreja evangélica mãe. A bem desta união de forças, comungam juntos nesta decisão, os pastores presidentes, Joel Holder das missões e Pastor Valadares da convenção das igrejas Madureira de Rondônia e Mato Grosso.     

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS