ESPAÇO ABERTO: 2022 deverá ser o ano dos milagres, o primeiro deles é a privatização da BR-364

ESPAÇO ABERTO: 2022 deverá ser o ano dos milagres, o primeiro deles é a privatização da BR-364

Foto: Divulgação

DISCURSO
 
Terminar obras deixadas por outros governos ou dar a largada em demandas antigas tão sonhadas pela população. Não existe um político no Brasil que não faça isso, até mesmo os mais “tapados” aprendem rápido o migué das promessas que raramente se concretizam.
 
RODOVIA DA MORTE
 
No caso da BR-364, o Ministério da Infraestrutura abriu consulta pública na segunda ( 27) para processo de concessão de 2.565 quilômetros de rodovias.
 
LOTES
 
A previsão é ofertar trechos divididos em quatro lotes, que envolvem nosso estado e também Mato Grosso e Goiás. 
 
MAIS DE 8 MIL KMs
 
Os trechos fazem parte de um contrato para estruturação de projetos de concessão celebrado entre o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Governo Federal que prevê o estudo de aproximadamente 8.300 km de rodovias federais.
 
DOIS MESES
 
Durante o período de consulta pública, que se estenderá até o dia 25 de fevereiro de 2022, a população poderá opinar sobre o projeto, cujos investimentos são estimados em R$ 13,6 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão.
 
FIM DO ANO
 
A expectativa do Ministério da Infraestrutura é que o edital seja publicado no terceiro trimestre de 2022. É uma longa jornada até lá, mas já é alguma coisa.
 
SOLUÇÃO
 
É obrigação do Governo manter rodovias em condições de tráfego, mas como ninguém faz isso e muito menos os gestores são cobrados, a privatização das rodovias é um caminho natural que tem até apoio dos usuários.
 
PREJUÍZOS
 
É muito mais em conta pagar pedágio do que “destruir” carros e caminhões em rodovias esburacadas. E olha que nem precisa falar na questão da vida, que está acima de qualquer negócio.
 
RAZOÁVEL
 
Os projetos, conforme o governo, foram estruturados de forma a não gerar níveis tarifários elevados e, ao mesmo tempo, viabilizar intervenções emergenciais de recuperação das vias com o objetivo de aumentar a segurança e o conforto dos usuários, além de gerar menor perda de carga durante o transporte.
 
REFERÊNCIA
 
O BNDES informou que todos os trechos foram avaliados segundo a metodologia do International Road Assessment Programme (iRAP), instituição dedicada a salvar vidas, eliminando estradas de alto risco em todo o mundo. 
 
MAIS DE ANO 
 
O projeto de estruturação da concessão foi iniciado em maio do ano passado. Os estudos envolveram a realização de trabalhos de campo, projeção da demanda de tráfego e dos investimentos necessários para um período de 30 anos.
 
LICENÇA
 
O prefeito de Jaru, João Gonçalves Júnior (PSDB) anunciou que está se licenciando do mandato a partir do final de semana.
 
 
PARTICULAR
 
João alegou razões particulares, e garantiu não estar com problemas de saúde, assim como com nenhum familiar doente, e prometeu retornar no meio do próximo ano. O vice-prefeito Jeverson Lima (MDB) assume o cargo no dia primeiro de janeiro.
 
SONDADO
 
O nome de João Gonçalves tem sido bastante comentado em reuniões partidárias. Alguns partidos gostariam de tê-lo em uma chapa majoritária no ano que vem. Quem sabe ? 
 
UM MOMENTO NA HISTÓRIA
 
Há 61 anos, na noite de 28 de dezembro, praticamente toda a população de Porto Velho, em torno de 52 mil moradores, fez festa, para receber a “Caravana Ford”.
 
60 DIAS
 
Durante dois meses, um grupo de caminhões e outros veículos saídos de São Paulo, se tornou a primeira comitiva de carros a vencer a rodovia BR-029 (364), então apenas um traço aberto na selva amazônica.
 
APOIO
 
A viagem só possível pela disposição do governador Paulo Leal que designou um grupo de funcionários do Território para trazer os veículos.
 
MILITAR
 
O coronel do exército Paulo Leal assumiu o comando do Território de Rondônia em 13 de setembro de 1954, nomeado pelo então presidente Café Filho.
 
DIFICULDADES
 
A viagem foi muito difícil com os caravaneiros contando em alguns trechos com o apoio das empresas que ainda trabalhavam na abertura da estrada.
 
MÁQUINAS
 
Os próprios tratores usados na obra arrastavam os caminhões nos atoleiros, especialmente no trecho Pimenta Bueno a Jaru.
 
 
ACERVO
 
Um dos caravaneiros, o mecânico Gervásio, mantém em sua casa no Bairro Arigolândia um painel com dezenas de fotos da viagem.
 
MATÉRIA
 
Uma pesquisa do historiador Alex Palitot, feita em 2016, também trata com riqueza de detalhes a aventura que teve o aval ainda de Juscelino Kubitschek que sonhava com a  abertura da BR 029, que veio a se tornar a BR-364.
Direito ao esquecimento

O Rondoniaovivo quer saber: quando você vai assistir televisão, qual sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS