CUIDADO: Golpistas se disfarçam de funcionários do Estado; Sefin alerta sobre Nota Legal

Fique atento! Para receber os prêmios do Nota Legal Rondoniense, não é necessário informar dados bancários para terceiros, nem transferir quaisquer valores

Golpistas estão se passando por funcionários da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) para tentar captar o prêmio. O Governo do Estado de Rondônia publicou, nesta quinta-feira (18), no Instagram, um vídeo trazendo atenção aos perigos de golpes envolvendo premiados do Nota Legal.
 
Luis Fernando, secretário da Sefin, ressaltou: “Não existe o contato, nem a necessidade de entrar em contato, com os ganhadores da Nota Legal Rondoniense para o pagamento dos prêmios e muito menos a necessidade de transferir qualquer valor para receber os prêmios do Nota Legal.”
 

NOTA LEGAL RONDONIENSE

 
O Programa Nota Legal Rondoniense é um programa que dá créditos em dinheiro às Entidades Sociais cadastradas junto ao Governo do Estado de Rondônia através dos cupons fiscais pedidos por consumidores e disponibilizados através do sistema de “QR Code” para a entidade que o contribuinte tiver afinidade ou quiser simplesmente ajudar. 
 
Ao efetuar qualquer compra de R$ 10 ou mais, o consumidor, utilizando o aplicativo Nota Legal Rondoniense, pode concorrer a prêmios instantâneos, que variam de R$ 50 a R$ 500 - além de participar de sorteios trimestrais de R$ 5.000, R$ 10.000 e R$ 15.000.
 
Os pagamentos dos prêmios devem ser requeridos sempre através do próprio aplicativo da Nota Legal, onde o próprio usuário cadastra os dados pessoais e bancários - nunca com a ajuda de terceiros. 
 
“Fique atento! Não caia em golpes!”, disse o secretário Luis Fernando. Para entrar em contato com a Sefin, aqueles que tiverem dúvidas podem ligar para a secretaria, no número (69) 3211-6100, ou entrar em contato através do e-mail: notalegal@sefin.ro.gov.br.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS