PISCICULTURA: Governo garante a regularidade da oferta de peixes durante o período de defeso

A piscicultura equilibra a oferta de peixes no mercado evitando a escassez durante o período de proteção da desova das espécies

PISCICULTURA: Governo garante a regularidade da oferta de peixes durante o período de defeso

Foto: Assessoria

Desde o mês de outubro está proibida a pesca do Tambaqui e outros peixes de piracema, nos rios e lagos do estado de Rondônia. Esta proibição segue até o mês de março de 2024, por causa do defeso, período de seis meses estabelecido por lei para proteger as espécies que se reproduzem nesta época do ano.

Programas governamentais de incentivo à produção favorecem a regularidade da oferta de peixes durante todo o ano, além dos recursos aplicados na assistência técnica especializada da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater/RO). O Governo do Estado investiu recursos na abertura de tanques, aquisição e transporte de calcário para correção da acidez do solo e da água, criou programas especiais para apoiar o piscicultor, entre eles, o Programa Peixe Saudável.
 
Foram adquiridos laboratórios móveis através do Programa Peixe Saudável, utilizados em visitas às propriedades dos piscicultores, a fim de realizar análises físico-químicas da água e exames biológicos nos peixes, com o intuito de detectar parasitas e garantir a saúde das espécies ofertadas aos consumidores rondonienses.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Professores e policiais militares devem ter direito à isenção de IPVA?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS