BENEFÍCIO: Contratação do Minha Casa Minha Vida em Rondônia registra aumento de 23,5%

O crescimento foi em relação ao ano de 2022. Os dados constam no levantamento produzido pelo Dieese a pedido da Fenae e Contraf-CUT

BENEFÍCIO: Contratação do Minha Casa Minha Vida em Rondônia registra aumento de 23,5%

Foto: Ilustrativa/ Reprodução da Internet

Em 2023, o número de contratações do Minha Casa Minha Vida em Rondônia teve um aumento de 23,5% em relação ao ano anterior. O programa contratou 2.299 unidades habitacionais no estado, contra 1.862 registradas em 2022. O valor de investimento foi de R$ 358,6 milhões. 
 
Os dados constam no Caderno dos Estados 2024, um levantamento produzido pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a pedido da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), em parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). O material está disponível no site da Fenae. 
 
Segundo o levantamento, entre março e dezembro 2023, 126.731 famílias de Rondônia foram beneficiadas com o Bolsa Família. O valor médio do benefício foi de R$ 692,82 e o total transferido foi de R$ 878 milhões. O programa foi oficialmente retomado em março. 
 
No relatório, consta, ainda, que 92,2% dos financiamentos imobiliários em Rondônia pertencem à Caixa. São R$ 4,5 bilhões de operações ativas, do total de R$ 4,9 bilhões no estado. Os bancos privados não possuem nenhum financiamento imobiliário no estado. 
 
Dos R$ 30,2 bilhões de operações de crédito ativas, 29,5%, ou R$ 8,9 bilhões, pertencem ao banco público. Desde 1995 até 2023, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que é operacionalizado pela Caixa, executou R$ 3,6 bilhões em obras de saneamento, habitação e infraestrutura em todo o estado. Foram 71.563 empregos gerados e 1.913.452 pessoas beneficiadas. 
 
Para o presidente da Fenae, Sergio Takemoto, as informações contidas no Caderno dos Estados evidenciam a grandeza da Caixa em números e em relevância para a sociedade como agente de inclusão social. “O material mostra para toda a sociedade como o trabalho da Caixa e seus empregados contribuem para o desenvolvimento do país, reduzindo desigualdades sociais e proporcionando melhoria das condições de vida da população. Além disso, reforça a importância do retorno das políticas públicas de habitação para a população mais pobre, um compromisso do governo Lula”, ressalta.
 
 
Caderno dos Estados
 
O Caderno dos Estados tem o objetivo de mostrar para a sociedade a importância da Caixa para o país. O material apresenta os números das principais políticas públicas operacionalizadas pelo banco – dados que podem subsidiar administrações municipais e estaduais, parlamentares, pesquisadores e a população em geral. 
 
 
Fenae
 
Com a colaboração das 27 Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apcefs) do país e de parceiros, a Federação segue na defesa da Caixa 100% pública, de direitos, de condições dignas de trabalho de seus empregados, pela democracia e soberania. Também segue na defesa de melhor qualidade de vida, bem-estar e integração, incentivando o esporte, cultura, lazer, educação, responsabilidade social, compromisso com o meio ambiente e a cidadania.
Direito ao esquecimento
Qual loja você acha que deve receber a nova Estátua da Liberdade da Havan?
Como você avalia a gestão do prefeito Lezão em Rio Crespo?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS