PRESERVAÇÃO: No Dia Mundial do Meio Ambiente, Energisa destaca ações ambientais

PRESERVAÇÃO: No Dia Mundial do Meio Ambiente, Energisa destaca ações ambientais

Foto: assessoria

Hoje, 5 de junho, é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, uma data que reforça a importância da preservação ambiental no planeta. Reconhecendo o valor desta data, a Energisa, empresa responsável pela distribuição de energia elétrica em Rondônia, realiza diversas ações no estado com o objetivo de contribuir para a preservação do meio ambiente.
 
Uma das iniciativas de destaque da Energisa em Rondônia é o Programa de Descarbonização, focado na desativação de termelétricas. Ao todo, 13 termelétricas foram desativadas, graças à construção de novas subestações e linhas de alta tensão. Essas ações resultaram na significativa redução de 293 mil toneladas de CO2 por ano, que deixaram de ser emitidas na atmosfera. Só para ter uma ideia da importância desse projeto, o resultado equivale ao plantio de mais de 40 milhões de árvores, que ocupariam uma área maior do que 20 mil campos de futebol.
 
A Energisa também se destaca pelo Programa de Eficiência Energética (PEE), que, em cinco anos de atuação em Rondônia, realizou a substituição de 2.835 geladeiras e a troca de 90 mil lâmpadas fluorescentes por lâmpadas de LED. Esta iniciativa beneficia clientes residenciais, hospitais, prefeituras, escolas, pequenos comércios, postos de saúde, entre outros. A maior parte dos projetos selecionados é destinada ao beneficiário sem fins lucrativos. A ideia é incentivar o consumo consciente e gerar economia de energia, além de assegurar o descarte correto dos equipamentos substituídos. As geladeiras antigas são encaminhadas para reciclagem em indústrias especializadas, evitando a emissão de mais de 400 toneladas de CO2 na atmosfera. As lâmpadas, que contêm mercúrio, também são descartadas de forma correta por meio de uma empresa especializada.
 
Outra iniciativa é o apoio da concessionária de energia ao Projeto Quelônios do Guaporé, com o objetivo de preservar a fauna amazônica. Este projeto, realizado no rio Guaporé, no município de São Francisco do Guaporé, situado a 600 quilômetros de Porto Velho, é uma tradição com mais de 20 anos na região. Em 2023, aproximadamente 5 milhões de filhotes de tracajás e tartarugas-da-Amazônia foram devolvidos ao seu habitat natural. A Energisa contribuiu com apoio logístico ao monitoramento aquático das áreas de desova e com a produção de placas de monitoramento, demonstrando a importância de ações colaborativas para a preservação das espécies.
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS