17 ANOS: Homem é condenado por assassinato e esconder corpo em São Miguel do Guaporé

Pai do réu ainda recebeu sentença por ameaça de morte

17 ANOS: Homem é condenado por assassinato e esconder corpo em São Miguel do Guaporé

Foto: Divulgação/TJRO

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO), por meio do tribunal do júri popular, condenou recentemente, um homem a 17 anos de prisão pelos crimes por matar e esconder um corpo em São Miguel do Guaporé. O pai dele também foi condenado e recebeu sentença de quase 2 anos de reclusão pelo crime de coação. O caso aconteceu em julho de 2020.

 

De acordo com o TJRO, o júri decidiu por maioria que o réu cometeu o homicídio por motivo fútil e com meio que dificultou a defesa da vítima. E ainda escondeu o cadáver.

 

Os fatos aconteceram na zona rural da cidade e começou como um encontro casual. A vítima se encontrou com o assassino para comprar drogas. Durante a conversa, a vítima alertou ao homem sobre uma ameaça à sua vida, mas o acusado interpretou mal o alerta e deu início a um confronto.

 

Depois que tudo havia se acalmado, quando a vítima estava indo embora em uma moto, o homicida o matou a tiros, impedindo qualquer chance de defesa. Em seguida, o homem escondeu o corpo, que ainda não foi localizado.

 

O pai do acusado, na tentativa de proteger o filho, coagiu uma testemunha importante para o caso e a ameaçou de morte. Ele também foi julgado e condenado.

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS