AUTONOMIA: Vilhena completa 46 anos de emancipação político-administrativa nesta quinta (23)

Envolta em mais uma crise política, Vilhena completa nesta quinta-feira 46 anos de emancipação político-administrativa

AUTONOMIA: Vilhena completa 46 anos de emancipação político-administrativa nesta quinta (23)

Foto: Divulgação

Tornada Município autônomo em 23 de novembro de 1.977, pelo então governador Jorge Teixeira, a cidade de Vilhena chega este ano aos seus 46 anos consolidada como polo econômico, universitário, cultural e logístico na região do Cone Sul de Rondônia e Noroeste do Mato Grosso, centralizando as atenções de sete cidades rondonienses e pelo menos cinco mato-grossenses, que ao todo passam de 300 mil pessoas. Porém, a pujança nos mais diversos setores não trouxe ao chamado “Portal da Amazônia” a estabilidade política que se esperava lá nos idos anos 1970. Ao contrário, neste momento a cidade vive momentos de convulsão mais uma vez, com a crise agora centralizada na Câmara dos Vereadores.
 
Nascida a partir de uma estação telegráfica instalada pelo Marechal Rondon, e depois de décadas de abandono ressurgindo como um dos pontos de apoio para a construção da BR 364, nos anos 1950, Vilhena teve seu boom de crescimento a partir da primeira metade dos anos 1970, com o programa do Governo Militar de colonizar a Amazônia a qualquer preço. Grandes levas de imigrantes vindos maciçamente do Norte do Paraná em pouco tempo transformaram o que era um pequeno ponto no mapa do então Território de Rondônia numa fervilhante cidade de apoio aos colonos que estavam recebendo terras do governo na região do Vale do Guaporé. Daí surge a vocação vilhenense de ser um polo regional, tornando-se a cidade referência para os imigrantes. Ao custo de muito sacrifício e abnegação dos primeiros imigrantes a cidade prosperou, e hoje concentra um comércio forte, produção agrícola em franco desenvolvimento, várias faculdades e tudo o que se poderia esperar de um local que sempre apresentou potencial para crescer.
 
Mas, e a política? A política em Vilhena sempre foi problemática. Desde o primeiro prefeito eleito, que não conseguiu terminar o mandato, até o atual, que na verdade cumpre uma gestão abreviada, pois assumiu o cargo em eleição suplementar realizada no ano passado, Vilhena vive aos sobressaltos no que diz respeito ao mundo político. Acredita-se, inclusive, que a cidade poderia estar em outro patamar de desenvolvimento, se não fossem os problemas gerados no seio dos poderes. Em Vilhena já chegou até mesmo a acontecer, ao mesmo tempo, a prisão de prefeito, vice-prefeito e dez dos treze vereadores em época de fim de mandato. Para se ter ideia da complexidade da questão, nos últimos dez anos o Município teve não menos do que oito prefeitos diferentes. 
Após os problemas do ano passado, quando o prefeito da vez foi cassado, o presidente da Câmara da época assumiu o comando do Município e aconteceram as eleições suplementares, quando o delegado de polícia que havia prendido um dos prefeitos anteriores apareceu do nada e venceu o pleito, pesou-se que havia chegado finalmente o tempo da redenção. Nada disso, a crise mais recente acabou explodindo na Câmara Municipal, com a tentativa de se apear o atual presidente do comando da Casa, e agora o conflito torna incerto o destino do Município às vésperas de mais uma eleição.
 
Apesar de tudo isso, a cidade comemora a emancipação, e uma grande festa popular está prevista para acontecer nesta quinta-feira, com um bolo de 46 metros para simbolizar o momento.

Galeria de Fotos da Notícia

AUTONOMIA: Vilhena completa 46 anos de emancipação político-administrativa nesta quinta (23)

AUTONOMIA: Vilhena completa 46 anos de emancipação político-administrativa nesta quinta (23)

Direito ao esquecimento
Qual pre-candidato a prefeitura de Porto Velho tem sua preferencia?
Como você classifica a gestão de João Levi em Nova União?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS