ORGULHO DO MADEIRA: Idosa toda machucada diz que não assassinou marido

Apesar disso, ela teria dito para a polícia que estava sozinha em casa com o marido, mas não sabe quem o esfaqueou no pescoço

ORGULHO DO MADEIRA: Idosa toda machucada diz que não assassinou marido

Foto: Richard Nunes /Rondoniaovivo

A Delegacia Especializada em Repressão a  Crimes Contra  a Vida (DERCCV) seguirá na apuração da morte do idoso Vicente Paulo Rodrigues, 68, ocorrida na madrugada deste domingo (03) em uma residência no condomínio Orgulho do Madeira, zona Leste de Porto Velho (RO).

 

Vizinhos disseram que uma idosa de 66 anos era agredida com frequência pelo marido e após nova violência doméstica teria reagido e matado Vicente Paulo. A idosa foi encontrada com várias lesões pelo corpo.

 

Apesar disso, ela teria dito para a polícia que estava sozinha em casa com o marido, mas não sabe quem o esfaqueou no pescoço.

 

A idosa contou que o marido estava bêbado e após xingá-la durante  discussão teria ido para a cozinha. Logo depois, a idosa disse ter ouvido gritos e o encontrou caído e ensanguentado.

 

Os policiais militares, diante  da versão da idosa, não conduziram ela para a delegacia e os fatos deverão ser melhor apurados pela Delegacia de Homicídios.

 

"Fui casada com o Vicente Paulo por muitos anos, sendo que estávamos separados  e já tem alguns meses que venho frequentando a casa dele", informou a mulher que teria problemas de esquecimento (Alzheimer).

Direito ao esquecimento
Como você classifica o mandato do prefeito Moisés Cavalheiro em Itapuã do Oeste?
Como resolver o problema dos animais de rua?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS