NOTA DE REPÚDIO: Sinjor-RO e FENAJ repudiam tratamento hostil de PM a jornalistas

Confira a nota abaixo

NOTA DE REPÚDIO: Sinjor-RO e FENAJ repudiam tratamento hostil de PM a jornalistas

Foto: Reprodução

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Rondônia (Sinjor-RO) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) vêm a público repudiar a forma truculenta, desrespeitosa e antiprofissional como as equipes dos jornais eletrônicos rondoniaovivo e portalderondonia foram tratadas por policiais militares que atuarem em operações de combate à onda de criminalidade em Porto Velho, durante o fim de semana.
 
A equipes faziam a cobertura no bairro Areal, zona central da cidade, quando foram xingadas e hostilizadas por um policial militar transtornado, no momento quando faziam a filmagem da transferência de um suspeito ferido da viatura da PM para unidade do Samu, expondo os profissionais a uma situação de total constrangimento perante a população que observava a ação.
 
Para o Sinjor-RO, trata-se de uma atitude que não condiz com as normas adotadas pela Polícia Militar de Rondônia e que é seguida pela maioria dos policiais que está na linha de frente do combate ao crime.
 
A direção do Sinjor-RO destaca a importância da parceria mantida entre a imprensa e a Polícia Militar de Rondônia em busca do bem comum: de um lado, a manutenção da segurança da população. De outro, o trabalho de levar a in- formação verdadeira, séria e profissional para a comunidade em geral e, consequentemente, valorizando a ação da polícia como um todo.
 
O Sinjor-RO e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) lembram que a liberdade de imprensa, assim como o RESPEITO POR JORNALISTAS, são funda- mentais para promover mudanças sociais que tanto precisamos.
 
Quando uma instituição usa sua voz para ir contra jornalistas, ela incentiva a intolerância e ameaça à liberdade de expressão.
 
 
ATUALIZAÇÃO
 
A PMRO divulgou nota de esclarecimento, confira abaixo:
 
 
Nota de Esclarecimento
 
O Comando-Geral da Polícia Militar de Rondônia (PMRO), esclarece sobre o fato ocorrido durante a ação de policiais militares do Batalhão de Choque, no atendimento de ocorrência no sábado (13), em Porto Velho. A diligência policial ainda estava em curso, sendo necessário que os profissionais das forças policiais reforçassem a segurança de todo o perímetro para garantir tanto a segurança das equipes quanto da população por se tratar de uma ocorrência em que houve uso de arma de fogo.
 
A Polícia Militar esclarece que no momento não foi exibida a identificação dos profissionais da imprensa, motivo pelo qual foi necessário os cuidados exigidos que a ocorrência requer.
 
A PMRO orienta aos profissionais da imprensa que ao atuarem em ações policiais, portarem identificação adequada (crachá/uniformes) para evitar transtornos, e mantenha distânciade segurança,  principalmente nas ocorrências de grande vulto, devido ao risco de morte elevado.
 
Vale ressaltar que a imprensa desempenha um papel importante na divulgação das ações policiais, proporcionando transparência e informação à sociedade.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS