BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPANCADO NO SUPERMERCADO: Geraldo da Rondônia repudia ato que resultou na morte de um homem negro

O ato de violência ocorrido na véspera do Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, foi praticado por dois homens que faziam a segurança do estabelecimento, um deles é policial militar

ASSESSORIA

21 de Novembro de 2020 às 09:35

Foto: Divulgação

O deputado estadual Geraldo da Rondônia repudia e abomina ato de violência que resultou na morte de João Alberto de Silveira Freitas. O caso que ganhou repercussão nas redes sociais, ocorreu na noite da quinta-feira (19), em Porto Alegre (RS), após dois homens brancos agredirem um homem negro de 40 anos de idade em um supermercado da rede Carrefour, ocasionando a morte João.
 
O ato de violência ocorrido na véspera do Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, foi praticado por dois homens que faziam a segurança do estabelecimento, um deles é policial militar. Ambos são funcionários de uma empresa terceirizada.
 
Geraldo da Rondônia manifesta profundo pesar e indignação com o caso. “Abomino qualquer tipo de violência, racismo e qualquer tipo de discriminação racial e religiosa . Irei acompanhar a apuração do caso e, desejo que os culpados sejam punidos por tal ato de crueldade”, diz.
 
O parlamentar pontua ainda que não podemos deixar que atos como este se repitam.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS