MUSEU DA MEMÓRIA: Obras de manutenção vão fortalecer o turismo do Estado

As ações do Governo de Rondônia reforçam o aprimoramento pelo acervo histórico do Estado

MUSEU DA MEMÓRIA: Obras de manutenção vão fortalecer o turismo do Estado

Foto: Assessoria

Com o propósito de promover e fortalecer a história e o turismo do Estado, o Governo de Rondônia deu início às obras de reparo e manutenção preventiva do Museu da Memória Rondoniense (Mero), em Porto Velho. A execução dos serviços conta com um investimento de R$ 173.635,74 (cento e setenta e três mil, seiscentos e trinta e cinco reais e setenta e quatro centavos) de aporte do Poder Executivo Estadual, que está sendo aplicado no patrimônio histórico de Rondônia.
 
Para o governador, Marcos Rocha, “o Estado tem investido fortemente no resgate e fortalecimento cultural e histórico, por meio de obras de reformas e revitalizações. O Governo está renovando o Palácio Getúlio Vargas, que se tornou Museu da História Rondônia. Renovar essa estrutura é trazer de volta a essência da história, passada por muitas gerações. Um impulsionamento, também, ao turismo do Estado e à Educação”, destacou.
 
Para o titular da Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos (Seosp), Elias Rezende, o andamento de mais uma obra com reforma em um espaço de patrimônio público, reafirma as ações do Governo de Rondônia em primar pelo acervo histórico do Estado, além de impulsionar a essência da cultura rondoniense. “A Seosp tem desenvolvido serviços no que tange às obras de reforma e revitalização do patrimônio. Estamos resgatando a nossa história com algo concreto, melhorando a estrutura de todo o prédio para que a população, bem como os servidores que ali trabalham, desfrutem de um ambiente agradável e que traga à mente, as vivências ocorridas no decorrer da história”, enfatizou.
 
 
SERVIÇOS
 
De acordo com o gerente de Ações Urbanísticas (GAU), da Seosp, Porfírio Costa e Silva, os trabalhos estão em fase inicial na área interna do prédio, com a execução da renovação do piso, preparação e novo reboco nas paredes para a aplicação da nova pintura. Os serviços incluem a limpeza e pintura do piso e das paredes externas; troca do piso; manutenção do telhado, com limpeza e troca de telhas; remoção de reboco para fazer a reconstrução; tratamento de alvenaria com material impermeabilizante; instalação de dreno do ar-condicionado e recuperação dos banheiros, com revestimento e troca das peças sanitárias.
 
Toda a estrutura será restaurada com pintura similar ao projeto original do prédio. Segundo Porfírio Costa, a atuação da Seosp nos trabalhos de restauração do prédio é gratificante, uma vez que, trata-se de um patrimônio por onde pessoas importantes já passaram. “A Seosp, por meio da GAU, vem executando trabalhos relevantes nos espaços públicos, revitalizando e renovando todo o ambiente. Posso dizer que estamos fazendo história, também, trazendo essa renovação a um lugar em que muitas pessoas importantes passaram e fizeram o nome na História de Rondônia”, declarou.
 
Os serviços contam com a atuação de 15 reeducandos, resultado da parceria entre Seosp e Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Assim que terminada a reforma, o local será entregue à Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer).
 
De acordo com o assessor do Mero, Nemias Florêncio, o Palácio Getúlio Vargas completou 70 anos de inauguração no mês de janeiro, sendo uma data importante para o Estado. Diante da necessidade de reforma da estrutura, a Funcer juntamente à Seosp somaram forças para a execução da manutenção do prédio. “É uma reformulação de todo o espaço, que vai voltar às cores originais do Palácio, que são rosa e branco. Vamos tentar  ao máximo resgatar o projeto original. Por meio dessa reforma, há um olhar histórico e cultural, que precisa ser preservado. As expectativas são as maiores para que possamos relembrar o que vivemos. A partir da reinauguração teremos novas exposições abertas à população”, frisou.
Direito ao esquecimento
Qual loja você acha que deve receber a nova Estátua da Liberdade da Havan?
Como você avalia a gestão do prefeito Lezão em Rio Crespo?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS