ALELUIA: Após 5 anos, Estrada de Ferro Madeira-Mamoré deve ser reaberta de forma parcial

Acesso dos visitantes será apenas às praças e ao museu

ALELUIA: Após 5 anos, Estrada de Ferro Madeira-Mamoré deve ser reaberta de forma parcial

Foto: Reprodução da internet

Após um processo de reforma que durou cinco anos, está prevista a reabertura parcial do Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) para o dia 30 de abril de 2024. A definição da data ocorreu durante uma reunião na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Porto Velho.

 

Inicialmente, a reabertura contemplará apenas algumas áreas do complexo. A população terá acesso às praças e ao museu, que estará aberto de quinta a domingo. Desde 2019, o local estava fechado.

 

Durante os próximos três meses, a Prefeitura Municipal de Porto Velho ficará encarregada da gestão do museu, organização de visitas públicas, segurança e fornecimento de energia elétrica para todo o complexo.

 

A Amazon Fort continuará responsável pela limpeza e manutenção de toda a área, incluindo o museu, e assumirá a gestão total após o período de administração municipal.

 

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) realizará o mapeamento dos banheiros químicos, e a empresa responsável pelo local seguirá as orientações. O projeto deve ser submetido até 22 de março ao órgão, que deverá analisá-lo até 30 de março.

 

Foto: Reprodução da internet

 

Cinco longos anos

 

O histórico do processo revela uma jornada prolongada. Em 2017, o Tribunal Regional da 1ª Região exigiu que a Hidrelétrica Santo Antônio elaborasse um projeto para recuperar e preservar o patrimônio da EFMM, com prazo de 60 dias para entrega.

 

As obras, inicialmente de responsabilidade do Governo Federal, passaram a ser compromisso da prefeitura em 2018, através de uma concessão de 50 anos.

 

Após uma série de etapas e ajustes no edital de concessão, uma empresa venceu a licitação em janeiro de 2023.

 

No entanto, o prazo estipulado para reabertura não foi cumprido. Agora, após a reunião no MPF em Porto Velho, a nova data de reabertura está marcada para 30 de abril de 2024.

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Aldo Júlio em Rolim de Moura?
Qual pré-candidato à Prefeitura deAriquemes tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS