FARSA: Para não contar à mulher que estava em cabaré, homem inventa assalto para a polícia

Bêbado, o homem capotou o carro da fazenda onde trabalhava

FARSA: Para não contar à mulher que estava em cabaré, homem inventa assalto para a polícia

Foto: Divulgação

 
 
Para não contar à esposa e ao chefe que estava bêbado e tinha capotado o carro quando voltava de um cabaré, um homem de 35 anos inventou para a polícia que foi assaltado na fazenda onde trabalha. O caso foi registrado em Juscimeira (MT), a 164 km de Cuiabá (MT), nesta sexta-feira (19).
 
De acordo com o tenente Handson Freitas Farias, da Polícia Militar, o homem ligou para a corporação assim que o acidente aconteceu. Com a mobilização de várias viaturas, até mesmo de Jaciara, cidade vizinha, a polícia logo descobriu que o roubo foi uma invenção.
 
Ele inventou, segundo a polícia, que tinha sido feito refém na propriedade por dois assaltantes encapuzados, que o levaram amarrado no carro. No caminho, eles teriam perdido o controle e capotado. Depois do acidente, teriam deixado a vítima e veículo no local e fugido.
 
Contudo, a polícia descobriu a farsa ao verificar a as marcas dos pneus do carro na terra. Ao invés de estarem em direção à cidade, os pneus apontavam à fazenda.
 
Além disso, um policial que fazia ronda pela cidade naquela noite e reconheceu o homem e o veículo no cabaré, o que derrubou a versão de ele que estava na dormindo na propriedade.
 
Depois de receber alta do hospital, o homem foi encaminhado à delegacia. Segundo o tenente, ao entrar na cela, ele se deparou com a dona do cabaré, que também estava presa e o reconheceu no mesmo instante.
 
Ela havia sido detida durante a noite por causa de uma motocicleta roubada.
 
A esposa do homem estava na delegacia no momento e ficou ainda mais irritada com toda a situação, conforme contou o tenente. Fonte: G1
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS