CHOCOLATE: Cantor rondoniano ultrapassa a marca de 100.000 plays no Spotify

Em uma semana o novo álbum do cantor A Black Z “Paraíso” que foi lançado no dia 27 de junho, ultrapassou a marcar de 100.000 plays nos Spotify.

CHOCOLATE: Cantor rondoniano ultrapassa a marca de 100.000 plays no Spotify

Foto: Divulgação

Em nova fase, o cantor investiu em músicas pop, sertanejo, brega e outros ritmos dançantes. No decorrer das 10 faixas, as canções do Álbum Futuro fazem os pés dançarem, mesmo quando se está sentado. “Paraíso” é daqueles álbuns que está a serviço de todos os gostos e, apesar de ter músicas de diversos gêneros, é um álbum coeso. As canções, quando ouvidas na ordem proposta pelos produtores do álbum, fazem um degradê sonoro que não te deixa sentir uma mudança abrupta de gênero entre uma pisadinha e um funk.
 
 
De acordo com o cantor “esse é um álbum que marca um momento de ressignificação da minha jovem carreira musical. Enquanto no primeiro álbum e no primeiro EP eu usava minha voz para militar, agora eu canto para as pessoas dançarem. Minha estética, meu modo de existir já milita por mim. Não vou parar de falar sobre questões que afetam a sociedade, mas nesse momento, nessa fase, preciso respirar e dançar e quero que todos que ouvirem dancem comigo”.
 
No álbum, que tem produção musical de Tullio Nunes e direção artística de Édier William, encontramos um trabalho consistente que nos arremete para produções de grandes cantores que fazem sucesso em nível nacional.
 
Segundo Édier William “escolher o repertório do Álbum Paraíso envolveu um processo muito gostoso, que foi o de audição. Nós sabíamos que queríamos um álbum dançante, popular e ao mesmo tempo, queríamos uma obra que dialogasse com a estética do A Black Z, por isso, fizemos uma curadoria de músicas. Recebemos mais de 300 músicas de compositores do Brasil inteiro. Temos canções de compositores da Bahia de São Paulo e Rio de Janeiro, assim como temos composições minhas e do A Black Z”.
 
O produtor musical Tullio Nunes enfatiza a importância da Lei Aldir Blanc para a realização de trabalhos como esse “nós estamos vivendo um momento ímpar. Tenho vontade de gravar o A Black Z há muito tempo, mas só com os recursos da Aldir Blanc isso foi possível. E para melhorar o combo uma das canções tem participação de uma das cantoras mais importantes de Porto Velho, na atualidade, Marla Souza. Eu tenho um carinho muito grande por esse trabalho, pois ele é eclético, representativo e está lindo”.
 
Para ouvir o álbum acesse: 
 
 
 
Deezer:
 
Apple Music:
 
Projeto contemplado no Edital 31/3021/Sejucel-CODEC, 2ª EDIÇÃO MARECHAL RONDON. Eixo II, Categoria L. Porto Velho/RO - JUNHO/2022.Governo de rondônia, Governo Federal - Lei Aldir Blanc.
 
Direito ao esquecimento

Quem você apoiaria para ser senador por Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Saura & Laia LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS