ABRAJI: Associação denuncia fake news e ataques contra sua diretora Juliana Dal Piva

ABRAJI: Associação denuncia fake news e ataques contra sua diretora Juliana Dal Piva

Foto: Abraji

A Abraji denuncia a publicação de falsos prints, por parte de Allan dos Santos, em que ele atribui à jornalista Juliana Dal Piva conversas que não existiram. Premiada e reconhecida no meio pelas reportagens aprofundadas que fez e faz, causando desconforto em alguns grupos políticos e motivando retaliações, Juliana é também diretora da Abraji e essa condição foi mencionada em uma das postagens. Já Allan dos Santos é considerado foragido pela Justiça. 
 
Publicações feitas por ele no X e Instagram conclamam seus seguidores a ir ao perfil da jornalista "cobrar satisfações" sobre uma troca de mensagens que não existiu, com uma falsa ameaça, em uma evidente campanha para atingir a reputação da jornalista e da Associação. Juliana Dal Piva publicou em suas redes sociais, em texto e vídeo, mensagem em que refuta os prints divulgados, reforça que não se deixará intimidar por esse tipo de atitude e que seguirá fazendo o seu trabalho. 
 
 
O referido foragido teve contas bloqueadas nas plataformas digitais em 2021, por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, sob a acusação de utilizá-las para promover atos antidemocráticos, mas segue criando novos perfis – e usou uma conta recém-criada para espalhar conteúdos falsos sobre Juliana Dal Piva, gerando uma onda de ataques pessoais à jornalista, atualmente colunista do ICL Notícias. 
 
A Abraji se solidariza com Juliana Dal Piva e reitera serem preocupantes as incitações contra a jornalista, que tem publicado notícias sobre integrantes das milícias digitais bolsonaristas e revelou a mais completa investigação sobre as origens do patrimônio político e financeiro de Jair Bolsonaro e sua família.
 
Diretoria da Abraji, 21 de junho de 2024
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS