CACOAL: Justiça denuncia por homicídio, caminhoneiro que avançou sobre bloqueio na BR

De acordo com o MP, em 30 de novembro deste ano, o motorista conduzia uma carreta Volvo 440 6X4T na BR-364, no Município de Cacoal (sentido Porto Velho - Vilhena), quando foi retido pelo bloqueio

CACOAL: Justiça denuncia por homicídio, caminhoneiro que avançou sobre bloqueio na BR

Foto: Divulgação

 

O Ministério Público de Rondônia denunciou, por homicídio triplamente qualificado, na forma tentada, o motorista de carreta que, em novembro deste ano, avançou contra bloqueio realizado por manifestantes na BR-364, no Município de Cacoal. Em manobra inesperada, o condutor atingiu uma mulher que, levada ao hospital, sobreviveu aos ferimentos.
 
A denúncia foi elaborada pelo Promotor de Justiça Rodrigo Nicoletti, com auxílio do Coordenador do Núcleo de Apoio ao Júri (NAJ), Promotor de Justiça Marcus Alexandre de Oliveira Rodrigues.
 
De acordo com o MP, em 30 de novembro deste ano, o motorista conduzia uma carreta Volvo 440 6X4T na BR-364, no Município de Cacoal (sentido Porto Velho - Vilhena), quando foi retido pelo bloqueio. Na ocasião, desceu do veículo, discutiu com manifestantes e, em certo momento, arrancou com a carreta em direção à cidade de Pimenta Bueno. Num ato inesperado, retornou e apontou o veículo para as barracas que davam apoio ao protesto e abrigavam inúmeras pessoas, tendo atingido a vítima, que não conseguiu fugir do local. Ferida, a mulher foi levada ao Hospital de Cacoal, tendo sobrevivido às lesões.
 
Para o Ministério Público, o denunciado assumiu o risco de matar ao fazer o retorno em alta velocidade e direcionar a carreta à multidão. Desse modo, o crime foi praticado por motivo torpe – ensejado pela revolta pelo protesto; por meio que resultou perigo comum, já que expôs a multidão que se encontrava no local e, ainda, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, considerando o movimento inesperado de manobrar a carreta em direção às barracas.
 
O MP denunciou o motorista como incurso no crime de homicídio qualificado, na forma tentada (artigo 121, incisos I, II, IV, nos termos do artigo 14, inciso II, do Código Penal). O condutor encontra-se preso na Casa de Detenção de Cacoal.
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS