BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NO WHATSAPP: 'Guerra é comigo mesmo’, diz Eyder Brasil em acusações contra Breno Mendes

Brasil, líder do Governo de Rondônia no Legislativo, também é candidato à Prefeitura de Porto Velho

RONDONIADINAMICA

16 de Setembro de 2020 às 10:29

Atualizada em : 16 de Setembro de 2020 às 17:17

Foto: Divulgação

Guerra é comigo mesmo”, disse o sargento Eyder Brasil, deputado estadual do PSL, líder do Governo de Rondônia na Assembleia Legislativa (ALE/RO), ao lançar série de acusações contra o candidato Breno Mendes, do Avante.
 
Mendes, assim como Brasil, já teve o nome confirmado em convenção e ruma na direção da sucessão do atual prefeito Hildon Chaves (PSDB), este que também já assinalou oficialmente a participação no pleito em 2020. Eyder inclusive é colega de liderança governamental no seio Legislativo junto com o vice, o deputado Jair Montes, presidente do partido que lançou o desafeto à campanha.
 
Em um grupo de notícias criado no WhatsApp, o parlamentar encaminhou vídeo tirando sarro das declarações do advogado.
 
Nas imagens, o causídico se diz alinhado com o governador Coronel Marcos Rocha, sem partido, e também cita o presidente da República Jair Bolsonaro, outro fora de legenda.
 
Além de redistribuir o vídeo no grupo, Eyder faz comentários onde imputa a Mendes posturas inclusive de cunho criminoso.
 
 
“Maria da Penha? Também temos!”, disse.
 
 
E prosseguiu:
 
 
“Exoneração da EMDUR? Também temos!”.
 
 
Concluiu:
 
 
“Assédios sexuais? Também temos”.
 
 
Por fim, uma usuária comenta o seguinte:
 
 
Começou a guerra Eyder x Breno”.
 
 
Brasil responde, dando o tom das eleições 2020:
 
 
“Guerra é comigo mesmo, treinado pra isso!”.
 
CONFIRA AS CAPTURAS DE TELA: 
 
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS