EM PORTO VELHO: Cemitérios da Candelária e das Locomotivas serão revitalizados para receber turistas

O local contará também com uma trilha de visitação e estátuas

EM PORTO VELHO: Cemitérios da Candelária e das Locomotivas serão revitalizados para receber turistas

Foto: Divulgação

 

A construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) exerceu um forte magnetismo no século passado, a ponto de atrair trabalhadores de pelo menos 22 nacionalidades.
 
 
A ferrovia foi útil à economia da época por pouco tempo e suas locomotivas acabaram abandonadas. Algumas delas formam agora um cenário instigante, ao lado dos trilhos que percorreram tantas vezes, onde ficou conhecido como Cemitério das Locomotivas. O local passará por obras para que possa acolher os turistas.
 
Prefeito destaca resgate histórico com obrasPrefeito destaca resgate histórico com obras
 
 
Um projeto elaborado pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur) busca resgatar este e outro igualmente relevante para a história da região: o Cemitério da Candelária.
 
Como locais com alta potencialidade turística, o Cemitério das Locomotivas e o Cemitério da Candelária, onde foram enterrados trabalhadores tombados durante a construção da ferrovia, serão revitalizados.
 
Vamos transformar esses locais em ambientes atrativos, com muitas melhorias. Será uma valorização ao passado com foco no futuro. Um estímulo ao pertencimento e acesso à história local”, disse o prefeito Hildon Chaves ao visitar os locais onde serão feitas as obras, nesta terça-feira (13).
 
COMPLEXO
 
O projeto consiste na construção de um grande complexo que contará com calçamento, iluminação e guarita para a guarda municipal, placas de sinalização, além da limpeza e recuperação dos trilhos, que foram soterrados após a cheia histórica do rio Madeira, em 2014.
 
Trabalho será feito em parceria com pastas municipaisTrabalho será feito em parceria com pastas municipais
 
 
Haverá, ainda, conforme o projeto, placas com QR Code em frente de cada locomotiva, onde o turista terá acesso a informações sobre cada máquina.
 
No Cemitério da Candelária, a Prefeitura instalará um painel das nacionalidades, em homenagem aos operários ali sepultados. O local contará também com uma trilha de visitação e estátuas.
 
TURISMO
 
As ações nos dois locais fazem parte do plano que busca revitalizar espaços urbanos com potencial turístico. Abandonadas na década de 1970 com a desativação da EFMM, as locomotivas agora deixarão para trás as intervenções da natureza e do tempo para trilhar um novo caminho.
 
Além de valorizar a história e fortalecer o turismo, as obras vão beneficiar também a Comunidade da Candelária, que utilizará as intervenções de base comunitária. A interação dos visitantes junto aos moradores locais oportunizará a chance de gerar emprego e renda.
 
As obras terão acompanhamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
 
A secretária, Glayce Bezerra, da Semdestur, apresentou o projeto ao prefeito Hildon Chaves. “Não haverá orçamento específico para essa obra. Estamos montando uma força-tarefa com várias secretarias municipais para garantir a restauração, a limpeza, iluminação, sinalização entre outras ações. Será a oportunidade de resgatar e entender a história”, explicou.
 
VEJA O VÍDEO AQUI.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS