COOPERAÇÃO TÉCNICA: Sistema de gerenciamento da Emater-RO traz comitiva do Acre a Rondônia

A cooperação técnica entre a Emater-RO e a Emater-AC já vem de longa data e tem oportunizado troca de conhecimento e informações entre as entidades coirmãs

COOPERAÇÃO TÉCNICA: Sistema de gerenciamento da Emater-RO traz comitiva do Acre a Rondônia

Foto: Assessoria

A Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (EmaterRO), recebeu na segunda-feira (19), o presidente da Emater-Acre, Rynaldo Lúcio dos Santos, para uma visita técnica ao órgão de assistência técnica e extensão rural rondoniense. Acompanhado de parte de sua diretoria, o presidente acriano veio consolidar uma parceria firmada ao longo dos últimos anos e discutir a dinamização dos serviços de Ater, por meio do sistema de gerenciamento adotado pela Emater-RO, que permite a interatividade de informações em tempo real.
 
Segundo o presidente da Emater RO, o Sistema de Gerenciamento de Ater (Sigater), tem sido  importante para agilizar o abastecimento de informações, tornando-se uma ferramenta de grande relevância na compilação das atividades desenvolvidas no campo e para o levantamento de resultados no intuito de aprimorar os trabalhos de sistematização das ações de políticas públicas voltadas para a agricultura familiar. “Nos últimos anos, nós temos aprimorado o sistema e hoje é possível ter a localização da propriedade via georreferenciamento e o perfil produtivo do produtor, visualizando tudo na palma da mão”, explicou.
 
A cooperação técnica entre a Emater-RO e a Emater-AC já vem de longa data e tem oportunizado troca de conhecimento e informações entre as entidades coirmãs. “Essa não é a nossa primeira visita, já estivemos aqui, conhecendo esse sistema e hoje retornamos para levar mais conhecimento e aprimorar as nossas ações”, ressaltou o presidente da Emater-AC.
 
Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, a implantação de novas tecnologias nos serviços de assistência técnica e extensão rural tem sido uma marca no governo de Rondônia que trouxe como proposta uma nova visão de Ater para o estado. “Essa nova visão objetiva dinamizar as ações do campo ao mesmo tempo que oferece aos técnicos da Emater condições para melhor assistir às famílias rurais de forma moderna e tecnificada”, salientou.
 
Além da Emater-AC, instituições de assistência técnica e extensão rural de outros estados também tem se interessado em conhecer o sistema de gerenciamento de Ater de Rondônia, a exemplo das instituições do Amazonas, Pará, Tocantins, Mato Grosso, Roraima, Minas Gerais, Alagoas e Rio Grande do Sul. Essa interação conta com o apoio da Associação Brasileira das Entidades de Assistência Técnica e Extensão Rural, Pesquisa Agropecuária e Regularização Fundiária (Asbraer) de levar a tecnologia implantada em Rondônia para o fortalecimento das instituições de ater de todo o país.
 
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

N J Schaefer

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS