CAOS AÉREO: População busca alternativas para preços surreais de passagens aéreas

Com bilhetes custando mais de R$ 10 mil reais, opções se dividem em lotações em caminhonetes, barcos amazônicos ou ônibus, porém com grandes diferenças no tempo de viagens

CAOS AÉREO: População busca alternativas para preços surreais de passagens aéreas

Foto: Ilustrativa/ Mitsubishi

Qualquer brasileiro já deve ter ouvido falar nesses ditados: “Quem não tem cão, caça como gato” ou “Enquanto alguns choram, outros vendem lenços”.

 

É o que muitos rondonienses ou amazonenses estão tentando fazer diante dos preços surreais das passagens aéreas entre Porto Velho e Manaus (AM). Com preços entre 8 mil e mais de 10 mil reais, conforme o Rondoniaovivo já divulgou esta semana, quem precisa viajar à negócios, para visitar parentes, lazer ou turismo.

 

E uma alternativa interessante que surgiu há pouco tempo são as lotações envolvendo caminhonetes que resolvem encarar os buracos ou atoleiros da BR-319, que cortam a floresta e separam as duas capitais do Norte em quase 900 quilômetros por terra.

 

Com valores de bilhetes nas alturas, consumidores buscam alternativas para se deslocarem entre Porto Velho e Manaus - Reprodução de tela

 

O Rondoniaovivo entrou em contato com uma das pessoas que oferecem essas viagens, com alternativa do envio de encomendas.

 

Segundo o anúncio, a lotação entre Manaus e Porto Velho conta com internet wi-fi durante toda a viagem, que é feita em aproximadamente 12 horas, segundo o vendedor.

 

“De ônibus, a passagem está na faixa de 600 reais, mas é feito em média de 36 horas, se não atolar. Já na nossa caminhonete, custa 800 reais e são 12 horas de trajeto feitos com tranquilidade e conforto. O ônibus para pelo menos 7 vezes pelo caminho”, observou o homem em mensagens de áudio.

 

"Caminhonete-lotação" oferece internet wi-fi durante toda viagem, que dura pelo menos 12 horas, e custa 800 reais - Foto: Reprodução da internet

 

Ou seja: ida e volta, a viagem sai R$ 1.600 por pessoa. Há também a possibilidade do envio de encomendas. Fizemos a simulação do envio de uma caixa de pelo menos quatro quilos de peso, com 60 centímetros de comprimento, por 40 cm de largura e 40 de altura. O custo é de 150 reais.

 

“Se você levar a caixa na viagem, é de graça. Mas se for pra enviar pra Manaus, custa 150 reais. É só por causa do volume que ela faz no carro, não é nem pelo peso”, explica o vendedor.

 

O pagamento é feito de três formas: dinheiro, transferência por PIX e cartão de crédito. “Se for pagar no cartão, a pessoa pode passar em combustível”, pontuou o organizador da viagem.

 

Diferenças

 

O anúncio recebido pelo Rondoniaovivo ainda destaca que “Faça sua viagem com conforto, rapidez e segurança”. De barco, são de 3 a 5 dias de viagem, dependendo da época do ano (se durante o inverno amazônico, quando o rio Madeira está cheio, ou no verão, quando o rio tem dificuldades de navegação), seja à favor ou contra a correnteza.

 

Segundo pesquisa rápida feita pelo jornal eletrônico, os preços variam de 500 a 2 mil reais, dependendo da embarcação e da acomodação, se na 1ª classe (andar superior e em redes), 2ª classe (embaixo, perto do porão e do motor) ou em camarotes com ar-condicionado e televisão.

 

Já em ônibus, o preço é mais ou menos fixo: 500 a 600 reais, dependendo da empresa e do veículo utilizado no trecho, de 36 a 48 horas de viagem, com várias paradas em pontos de apoio e vilarejos. Isso, conforme já alertado nesta reportagem, se o ônibus não atolar...  

Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS