BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

DESESPERO: ‘'Saúde de Porto Velho está em colapso’', diz prefeito Hildon Chaves

Segundo Hildon, se alguém precisar de leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não conseguirá, pois não há mais nenhum disponível.

João Vitor Muniz/Rondoniaovivo

23 de Janeiro de 2021 às 10:44

Atualizada em : 25 de Janeiro de 2021 às 08:21

Foto: Divulgação

O Prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), disse em coletiva de imprensa na manhã deste sábado (23), que a saúde pública da capital está em colapso, devido ao aumento no número de casos de covid-19.
 
Segundo Hildon, se alguém precisar de leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não conseguirá, pois não há mais nenhum disponível.
 
O prefeito afirmou ainda que a capital está próxima de viver o mesmo drama de Manaus (AM), que nos últimos dias teve seu sistema de saúde colapsado, com falta de leitos, oxigênio, profissionais de saúde e muitas pessoas infectadas com coronavírus.
 
No início da semana, a capital recebeu mais de 18 mil doses da vacina contra covid-19, a CoronaVac, mas só vai imunizar 9.360 pessoas, já que são necessárias duas doses por indivíduo.
 
Esse primeiro lote começou a vacinar os profissionais de saúde da linha de frente do enfrentamento a covid-19. 1.200 servidores já foram imunizados.
 
Desde o início de janeiro,  82 pessoas já perderam a vida pela covid-19. 
 
Nas últimas 24 horas, segundo o Boletim Diário do Governo do Estado, Porto Velho registrou oito mortes devido a contaminação pelo coronavírus. A capital tem 46.892 casos registrados e mais de mil mortes, desde o início da pandemia.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS