COVID-19: Uso de máscara passa a ser obrigatório nas unidades de saúde da capital

A recomendação é da Secretaria Municipal de Saúde e busca conter o avanço da covid-19

COVID-19: Uso de máscara passa a ser obrigatório nas unidades de saúde da capital

Foto: Divulgação

 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho, através do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), publicou, nesta sexta-feira (25), o Memorando Circular 39/2022 que torna obrigatório o uso de máscaras em todas as unidades de saúde do município para servidores e usuários.
 
A medida tem como principal objetivo a extrema necessidade de minimizar os efeitos dos aumentos dos casos de covid-19 em Porto Velho. “É também uma forma de proteger, de forma adequada, a saúde e a vida dos dos servidores e dos munícipes”, declara Geisa Brasil Ribeiro, diretora do DVS.
 
O documento aponta uso obrigatório de máscaras nas unidades básicas de saúde e de pronto atendimento, além das unidades especializadas. Também recomenda outras medidas de prevenção e proteção, como:
 
lavagem das mãos com água e sabão ou álcool;
 
não compartilhamento de objetos de uso pessoas;
 
evitar cumprimento com aperto de mãos, beijos e abraços;
 
evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas;
 
manter local de trabalho arejado;
 
Ainda segundo o Memorando, o aumento dos casos da covid-19 ocorre em todo o país. Em Porto Velho, de acordo com a Divisão de Vigilância Epidemiológica, foram notificados cerca de 500 novos casos da doença entre os dias 27 de outubro a 25 de novembro. Mas os números podem ser ainda maiores.
 
“O sistema do Ministério da Saúde que monitora os dados de notificação está instável desde o último final de semana, o que dificulta a extração dos dados com precisão”, explica Ivonete Ferreira, gerente da divisão.
 
TESTAGEM SINTOMÁTICOS
 
Em Porto Velho, a prefeitura oferece o teste para detecção da covid-19 em pessoas com sintomas da doença. Ao todo, 18 unidades de saúde da capital estão preparadas para atender esse público em horários especiais, para manter os demais atendimentos de rotina.
 
É importante que o paciente com sintomas da covid-19 procure a unidade de sua área de cobertura, ou seja, a unidade mais próxima de sua casa. As três unidades de referência no acolhimento de pacientes com Covid-19 são Ana Adelaide, Manoel Amorim de Matos e Aponiã.
 
Veja como ficam os horários de atendimento das unidades:
 
UNIDADES REFERÊNCIA:
 
ANA ADELAIDE
 
SEGUNDA A SEXTA DAS 7H ÀS 13H
 
MANOEL AMORIM
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 8H ÀS 12H
TARDE 13H ÀS 18H
 
APONIÃ
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 8H ÀS 12H
TARDE 13H ÀS 18H
 
ZONA LESTE
 
HAMILTON GONDIM
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 10H ÀS 12H
TARDE 16H ÀS 18H
 
JOSÉ ADELINO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 10H30
 
ERNANDES ÍNDIO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ DAS 09H ÀS 11H
TARDE DAS 15H ÀS 17H
 
AGENOR DE CARVALHO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ A PARTIR DE 10H
TARDE A PARTIR DAS 16H
 
MARIANA
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ A PARTIR DAS 10H30
TARDE A PARTIR DAS 17H
 
SOCIALISTA
 
SEGUNDA A SEXTA DAS 14H ÀS 17H
 
ZONA SUL
 
CASTANHEIRA
 
SEGUNDA A SEXTA DAS 12H ÀS 13H
 
RENATO MEDEIROS
 
TODA QUARTA
MANHÃ A PARTIR DAS 11H
TARDE A PARTIR DAS 16H
 
NOVA FLORESTA
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 9H ÀS 11H
TARDE 15H ÀS 17H
 
CALADINHO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ A PARTIR DAS 10H
TARDE A PARTIR DAS 16H
 
REGIÃO CENTRAL
 
PEDACINHO DE CHÃO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 11H30 ÀS 12H30
TARDE 16H30 ÀS 17H30
 
OSVALDO PIANA
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 8H ÀS 12H
TARDE 13H30 ÀS 18H
 
MAURÍCIO BUSTANI
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ 11H ÀS 12H30
TARDE A PARTIR DAS 16H30
 
RONALDO ARAGÃO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ A PARTIR DE 10H30
TARDE A PARTIR DAS 16H
 
SÃO SEBASTIÃO
 
SEGUNDA A SEXTA
MANHÃ A PARTIR DE 10H
TARDE A PARTIR DAS 16H
 
 
Direito ao esquecimento

Em quem você votaria para prefeito(a) da capital de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

CONVOCAÇÃO: ASPRECAM

Loteamento Jardim Royal

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS