COLUNA SEMANAL: Já se passou mais de um mês e a Polícia se silencia sobre o crime da Havan

Confúcio Moura se articula por RO; as conversas para o cargo de Prefeito da capital estão a todo vapor, falta avisarem aos eleitores; a avenida 7 de Setembro é o retrato da decadência; leia isso e muito mais na coluna

COLUNA SEMANAL:  Já se passou mais de um mês e a Polícia se silencia sobre o crime da Havan

Foto: Divulgação

 

Homem do Tempo

O colega William Homem do Tempo conseguiu a liberdade na última terça-feira(23). O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), emitiu um alvará de soltura para ele. Apesar da alegria pela saída, William está enfrentando outro drama, dessa vez é a saúde que está fragilizada. Os médicos detectaram nele um estágio inicial de neoplasia na próstata, diagnosticado como câncer. Foi encontrada também uma mancha no pulmão, o que intensifica a complexidade do tratamento necessário. A liberdade concedida pelo ministro do STF permite que ele responda ao processo em curso fora das dependências hospitalares. Ele usará tornozeleira eletrônica.

 

Crime da Havan

 

A estátua da Liberdade da loja Havan, em Porto Velho, foi incendiada no último dia 14 de dezembro. Na época, delegados da Polícia Civil prometeram resposta rápida para se chegar aos autores do crime; R$ 150 mil foram prometidos para quem desse informações que indicassem aos autores. Ao que tudo indica, o dinheiro não foi suficiente para se desvendar o crime, pois, não há notícias que alguém tenham recebido essa recompensa. Do lado da Polícia Civil, o silêncio sobre o caso é ensurdecedor. A única informação que se tem, ainda e que é extraoficial, é a de que foram duas mulheres e nada mais. Esse, tem tudo para ser um crime que vai cair no esquecimento. Há algo de muito estranho nisso tudo...!

 

João Paulo

 

Leitor da coluna procurou a redação para denunciar que as obras do novo Pronto Socorro João Paulo II, ou Heuro como queiram, estão andando na velocidade dos caracóis africanos que aparecem aos bolos em Porto Velho nessa época do ano. Será que Marcos Rocha vai repetir uma das grandes frustrações do ex-governador Confúcio Moura, que foi a de não entregar o novo João Paulo II para a população de Rondônia. Torçamos para que não ocorra isso!

 

2026

 

Por falar em Confúcio Moura, o ex-governador e senador está a todo vapor por Rondônia. A conversa que está nos bastidores é a de que ele vem em 2026 para concorrer ao Governo do Estado. Podemos dizer que ele é o porta-voz do presidente Lula em Rondônia e o principal canal de comunicação entre Brasília e os rondonienses. Confúcio é esperto e experiente na política, aliás, o mais antigo político rondoniense em atividade, além disso, já tem a bagagem de governar essas terras de Rondon. Assim, ele conversa com todos e sabe que precisa de um nome forte da capital, por isso vem tendo prosas com Vinicius Miguel(PSB), um nome que não pode ser desprezado na política local. Sendo assim, não será surpresa se o vice for o professor da Unir. É de bom conselho que os que viram o nariz para Confúcio, comecem a repensar as estratégias.

 

Moralista

 

Falar em Confúcio é falar de Ariquemes, afinal, foi a cidade que o revelou para os rondonienses. Pois bem, vem de lá notícias de que o município está em polvorosa com um outro político local, porém, marinheiro de primeira viagem no ramo. Se tudo o que estão falando for mesmo verdade, o casamento dele está por um fio. Como sempre, o motivo são os prazeres carnais que sempre seduzem com mais ímpeto quem está ou tem poder. As informações são de que mesmo defendendo o lema Deus, Pátria e Família em público, no privado ele sucumbiu e a esposa descobriu. O pior, a outra também é casada. Como diria o jornalista Nelson Rodrigues, “Por trás de todo paladino da moral, vive um canalha”.

 

 

Prefeitura da capital

 

A cada dia que passa as articulações se tornam mais intensas para a Prefeitura de Porto Velho. O atual prefeito Hildon Chaves(PSDB) já tem a candidata dela a tiracolo, reforçando o que a coluna já vem anunciando há algum tempo: a dobradinha Hildon Chaves/Marcos Rocha, acabou. O governador sabe muito bem que precisa eleger o prefeito da capital para reforçar o nome dele para as eleições para o senado, já que pode não poderá se candidatar a governador novamente. Nesse contexto, ele tem de dois nomes de peso que estão de olho na prefeitura portovelhense, um é o médico e ex-secretário de Saúde, Fernando Máximo; do outro lado está o ex-deputado federal Léo Moraes, hoje no comando do Detran-RO. Mas não podemos nos esquecer que, como tudo na vida, em política as mudanças são mais constantes, então teremos muitas novidades pela frente!

 

Decadente

A avenida 7 de Setembro já foi a principal avenida de Porto Velho. Por muitos anos, ela foi referência para diversão, compras, comidas e tudo o que os serviços que cercam a nossa vida diária. O movimento sempre foi intenso e metro quadrado na região, um dos mais caros da capital. Mas isso tudo são tempos passados. A avenida perdeu esse protagonismo e o centro de Porto Velho está se tornando, cada vez mais, um conjunto de prédios abandonados. Os motivos para essa decadência são os mais variados. A única certeza é que a solução está na mobilização dos Poderes Públicos, empresários, entidades e sociedade para a revitalização desse espaço histórico de nossa capital. Isso é urgente! Acesse o link.

 

HB de Porto Velho

 

A página do Facebook, do escritor e pesquisador Andreson Leno, nos brindou com essa foto que é nostalgia pura. Retrata a construção do Hospital de Base de Porto Velho. Um local de muitas histórias!

 

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

N J Schaefer

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS