DECISÃO DO STF: Rafael Fera deve assumir lugar de Lebrão na Câmara dos Deputados

Corte formou maioria para novas regras envolvendo sobras eleitorais de 2022

DECISÃO DO STF: Rafael Fera deve assumir lugar de Lebrão na Câmara dos Deputados

Foto: Divulgação

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta sexta (21) em uma decisão abordando novas regras para distribuição de sobras eleitorais da eleição de 2022. Baseado nesta mudança, sete deputados vão perder as vagas na Câmara dos Deputados. Isto inclui o rondoniense Lebrão (União Brasil), que deve ser substituído por Rafael Fera (Podemos). 
 
Votaram a favor das substituições os ministros Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Kassio Nunes, Flávio Duno, Dias Toffoli e Cristiano Zanin.
 
Os outros deputados que serão substituídos são: Silvia Waiãpi (PL-AP), Sonize Barbosa (PL-AP), Goreth (PDT-AP), Augusto Pupiu (MDB-AP), Lázaro Botelho (PP-TO) e Gilvan Máximo (Republicanos-DF).
 
Eles serão substituídos, respectivamente, por Aline Gurgel (Republicanos-AP), Paulo Lemos (PSol-AP), André Abdon (PP-AP), Professora Marcivania (PCdoB-AP), Tiago Dimas (Podemos-TO) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF).
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS