HEURO: TCE cobra explicações do governo sobre obras e fala em cancelar contrato

Secretaria Geral de Controle Externo do TCE agendou reunião para tratar do cancelamento do contrato

HEURO: TCE cobra explicações do governo sobre obras e fala em cancelar contrato

Foto: Divulgação

A Secretaria Geral de Controle Externo do Tribunal de Contas de Rondônia, encaminhou ofício ao Procurador Geral do Estado, Thiago Alencar, cobrando explicações sobre a paralisação das obras do Hospital Estadual de Urgências (Heuro), que deveria ter sido inaugurado em junho deste ano, mas não saiu das obras de fundação, além de convocar para o próximo dia 5, uma reunião às 9 da manhã no Tribunal para tratar também da “possibilidade iminente de rescisão contratual”.
 
O Ofício 170/2024 foi encaminhado ao Procurador esta semana e aguarda o retorno do agendamento.
 
 
As obras do Heuro são de responsabilidade do consórcio Vigor-Turé, uma sociedade anônima que venceu a licitação realizada em São Paulo em janeiro de 2022, ainda na gestão de Fernando Máximo. Na época, o governo divulgou o contrato no sistema Built To Suit (BTS) para construção do novo pronto socorro, que deveria, de acordo com os prazos divulgados pelo governo, ficar pronto em 30 meses, ou seja, era para ser entregue agora em junho deste ano.
 
Ocorre que as obras estão paralisadas por falta de documentos do terreno, e antes mesmo de iniciar a licitação, feita na B3, em São Paulo, o Tribunal de contas havia apontado uma série de falhas no projeto.
Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ji-Paraná tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Cornelio em São Miguel do Guaporé?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS