BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

VÍDEO: Cabo da PM e idoso passam por cirurgia após briga com tiros e golpes de facão

O policial que foi atacado reagiu e atirou contra o idoso que foi alvejado no joelho e tórax de raspão

Rondoniaovivo

29 de Setembro de 2020 às 11:47

Foto: Divulgação

O cabo da Polícia Militar Edimar S. S., 35,  passou por procedimento cirúrgico após ser atacado a golpe de facão na palma da mão pelo idoso Najibe de M. B., 68, na noite de domingo (27) na Rua Antônio Fraga Moreira, bairro Tancredo, na zona Leste de Porto Velho (RO). O policial reagiu e atirou contra o idoso que foi alvejado no joelho e tórax de raspão. Ele também foi submetido a cirurgia no joelho.
 
O Rondoniaovivo apurou que o cabo da PM deu entrada no hospital João Paulo II com uma lesão profunda na região palmar da mão esquerda. Ele teve comprometimento de região dorso-ulnar, profundo, atingindo estruturas músculo-tendinosas, neurológicas, vasculares e ósseas, segundo a assessoria da unidade médica. Em virtude da gravidade, o militar foi encaminhado rapidamente para a sala de cirurgia.
 
 
Najibe também foi levado para o centro cirúrgico e passou por um procedimento de fixação , segundo a assessoria. O estado de saúde dos dois é considerado estável.
 
A ocorrência registrada na Central de Flagrantes mostra o idoso como acusado e o militar vítima de tentativa de homicídio.
 
No dia do crime câmeras de monitoramento registraram toda a ação. Nas imagens é possível ver o motorista de uma caminhonete fechando um carro modelo Uno que era dirigido pelo policial.
 
 
O motorista da caminhonete desce com um facão e desfere um golpe na região da mão do PM que estava dentro do Uno. O policial reage e atira contra o homem que cai ao solo.
 
O policial foi socorrido pela esposa que presenciou o crime e saiu dirigindo o veículo Uno até a UPA. O motorista da caminhonete fica ao solo até ser levado ao hospital João Paulo II.
 
As informações são de que a motivação para todo o crime teria sido um acidente de trânsito ocorrido minutos antes naquela região da cidade. O policial contou que viu um carro modelo Celta fugindo após bater na traseira da caminhonete do idoso e só tentou ajudar a alcançar o motorista.
 
Porém, o idoso teria confundido e imaginando que o carro do policial era quem teria batido na caminhonete partiu para cima dele com um facão. O militar revidou e atirou cinco vezes, mas o idoso foi atingido apenas com um tiro no joelho e um de raspão no tórax.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS