PARALISAÇÃO: Auditores fiscais da Receita articulam 'dia do apagão' de 48 horas

A paralisação está prevista para ocorrer a partir dessa terça-feira

PARALISAÇÃO: Auditores fiscais da Receita articulam 'dia do apagão' de 48 horas

Foto: Divulgação

 

O motivo da indignação, segundo fontes do próprio governo, é o fim do Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf), que está amparado na Constituição Federal, artigo 37., XXII. E a PEC Emergencial, aprovada pelo Senado, extingue esse fundo.
 
“Os auditores farão uma paralisação por 48 horas por conta do fim do Fundaf e em defesa da Receita Federal, que pode parar no segundo semestre deste ano por conta do corte de 40% no orçamento do órgão em 2021”, denuncia a fonte.
 
O Fundaf, aliás, tem sido motivo de várias quedas de braço entre os auditores e o governo, desde a gestão de Dilma Rouseff, que acabou sendo defenestrada. A briga começou por causa do “bônus de eficiência”, um extra de R$ 3 mil a mais nos salários, que até agora é motivo de debate.
 
Base
 
“Não diria que desembarcamos do governo, porque nunca estivemos na base do Governo. Desde o início de 2019, uma sequencia de ações para enfraquecer a Receita Federal”, informa Kleber Cabral, presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco).
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

JL PRESENTES LTDA

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS