CENSO 2022: Óbitos reduzem em RO, mas mortes violentas aumentam, segundo IBGE

De acordo com pesquisa, 10.360 mortes foram registradas em 2022; pessoas do sexo masculino são principais vítimas

CENSO 2022: Óbitos reduzem em RO, mas mortes violentas aumentam, segundo IBGE

Foto: Arquivo/Rondoniaovivo

Em Rondônia, houve uma redução de mais de 26% no número de óbitos em 2022 em comparação com 2021, conforme revelado pelo Censo 2022 do IBGE. No entanto, os casos de mortes violentas aumentaram no estado durante o mesmo período.

 

O total de óbitos registrados em 2022 foi de 10.360, representando uma queda de cerca de 26% em relação aos 14.033 registros de 2021, ano que marcou o auge da pandemia de Covid-19. Entretanto, os números de 2022 ultrapassam os registros dos anos anteriores à pandemia, como 2018 e 2019.

 

Os dados indicam que os homens são as principais vítimas, com 8.571 óbitos em 2022, em comparação com 3.997 mulheres e/ou pessoas do sexo feminino. Além disso, 6 casos tiveram o sexo das vítimas ignorado.

 

 

Em relação às mortes violentas, o Censo 2022 revela que 953 pessoas faleceram dessa forma em 2022, um aumento de 5% em comparação ao ano anterior, quando foram registradas 906 mortes violentas. Esses dados incluem acidentes, homicídios, afogamentos e outros incidentes.

 

Apesar desse aumento nas mortes violentas, a maioria dos óbitos no estado ainda é de natureza natural, resultante de causas biológicas, como doenças, totalizando 9.362 registros em 2022.

 

Quanto ao local de ocorrência, os óbitos em "via pública" apresentaram aumento, enquanto a maioria dos casos ocorreu em hospitais e domicílios.

Direito ao esquecimento
Qual loja você acha que deve receber a nova Estátua da Liberdade da Havan?
Como você avalia a gestão do prefeito Lezão em Rio Crespo?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS