LUÍS DO HOSPITAL: Deputado expressa preocupação em reunião com sindicato

Presidente da Comissão de Agropecuária e Política Rural da Alero, une esforços para alcançar uma solução para o desfecho da mobilização

LUÍS DO HOSPITAL: Deputado expressa preocupação em reunião com sindicato

Foto: assessoria

O deputado estadual Luís do Hospital, presidente da Comissão de Agropecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero), participou, nesta quinta-feira (16), de uma reunião com a diretoria do Anffa Sindical - Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários. O encontro, realizado em Brasília (DF), teve como objetivo principal encontrar uma solução para o impasse nas negociações entre o Governo Federal e a entidade, que está mobilizada desde janeiro deste ano.
 
Durante a reunião, Luís do Hospital destacou que o movimento gera preocupação no setor produtivo, podendo comprometer o fluxo da produção agrícola, ocasionar atrasos na certificação de carnes e afetar diretamente as exportações. Isso poderia ter um impacto negativo na economia de Rondônia, cuja economia é fortemente impulsionada pelo agronegócio.
 
"Estamos unindo esforços para alcançar uma solução negociada. O movimento dos auditores fiscais e técnicos agropecuários é justo e legítimo, pois são eles que garantem a segurança alimentar da população e a qualidade dos produtos agropecuários. São profissionais essenciais para o nosso país e merecem reconhecimento", destacou o deputado Luís do Hospital, que foi recebido pelo presidente do Anffa, Pablo Macedo, e pelo vice-presidente, Ricardo Nascimento.
 
Ligados ao Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), os auditores agropecuários fiscalizam portos, aeroportos, zonas de fronteira, frigoríficos, agroindústrias e campos de produção, além de realizar análises em laboratórios e abrir mercados por meio das adidâncias agrícolas.
 
Atualmente, o Brasil conta com 2.300 auditores agropecuários, um número insuficiente para atender à demanda nos postos de fiscalização, segundo o Anffa. Desde 2017, os servidores reivindicam reajuste salarial e a contratação de novos profissionais via concurso público, enfrentando sobrecarga de trabalho sem hora extra remunerada.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Aldo Júlio em Rolim de Moura?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ariquemes tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS