COLUNA SEMANAL: Docentes da Unir estão em choque com revelação de diploma falso da vice-reitora

Entre os temas da Coluna estão o deputado federal Lebrão; a participação de Rondônia na Conferência Nacional de Cultura; atentados contra advogados e muito mais

COLUNA SEMANAL: Docentes da Unir estão em choque com revelação de diploma falso da vice-reitora

Foto: Divulgação

Sortudo

O deputado federal Lebrão deve ter um pé de coelho da sorte. Quando deputado estadual foi um dos personagens da Operação Reciclagem, da Polícia Federal, em 2020, em que foi filmado colocando a propina recebida de um empresário dentro de sacos de lixo. Nada aconteceu com ele, que se lançou candidato a deputado federal e venceu. 

 

Salvos

 

Essa semana, a sorte voltou a sorrir para o deputado rondoniense. O Supremo Tribunal Federal derrubou, na última quarta-feira (28), as regras para a distribuição das sobras eleitorais para cálculo das vagas na Câmara dos Deputados. Sete parlamentares estavam correndo o risco de perder a vaga, entre eles Lebrão. Mas, quis o destino que isso não ocorresse e, assim, ele pode continuar no cargo e, esperamos que seja isso, trabalhando por Rondônia. Uma  sugestão para Lebrão é distribuir o pé de coelho aos rondonienses como amuleto da sorte!

 

Bolsonaro

 

Falando em política e políticos, no  último dia 25 teve um mega-encontro de bolsonaristas na avenida Paulista, em São Paulo. O ex-presidente Bolsonaro foi o grande destaque do evento. Acuado com as provas, cada vez mais fortes de ter sido o grande mentor de um golpe no Brasil, ele parece que resolveu medir forças com a Justiça nacional. Se a intenção foi mostrar que ainda está vivo na política, ele conseguiu, apesar da difícil situação em que se encontra na Justiça. Porém, pelo andar da carruagem, dificilmente, ele conseguirá escapar das condenações por ter atentado contra a democracia. Teria ele feito muito barulho para pouco resultado?

 

Parlamentares de RO na Paulista

 

Rondônia se fez representada na manifestação bolsonaristas. Uma parte da bancada federal foi até a capital paulista expressar apoio a Bolsonaro. Uma contradição! Falam tanto em defender a democracia e liberdade, no entanto, são simpáticos a quem intencionava dar um golpe. Aliás, contradição é o que não faltou nessa manifestação. Um exemplo foram alguns participantes cantando ‘Para não dizer que não falei das flores’, de Geraldo Vandré. A música também conhecida como ‘Caminhando e Cantando’ foi um hino contra a ditadura militar, tendo sido  lançada em 1968, causando a ira dos militares. Isso obrigou o cantor a sair do país, temendo a perseguição por parte dos generais & Cia. Cantar essa música em uma manifestação organizada por quem defendeu, em pleno Congresso Nacional, o coronel Carlos Alberto Ustra, não é uma contradição, é um show de ignorância!

 

PMs na Igreja

 

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) requisitou à Corregedoria-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) a instauração de procedimento de investigação preliminar para apurar suposta participação obrigatória de policiais militares em evento religioso.O motivo teria sido o fato de um comandante de batalhão ter obrigado policiais a irem à Formatura Geral, na sede da Igreja Universal no Centro Comercial Conic, em Brasília. Esse tipo de proibição deveria ocorrer em todo país  e em todos os órgãos públicos já que o Estado deve ser laico, no entanto, em Rondônia, nos chegaram informações de que em escolas públicas da capital são entoados cânticos religiosos para os alunos. Isso mereceria uma apuração por parte das autoridades competentes. 

 

Chico Mendes e o PL

 

O Partido Liberal é uma força no Congresso Nacional e o grande nome é o ex-presidente Jair Bolsonaro. No entanto, ao mesmo tempo que é forte é também palco de confusões. Dessa vez, o partido nomeou Darci Alves Pereira como presidente da legenda na cidade de Medicilândia, no Pará. Até aí, tudo bem, a questão é que ele é réu confesso, tendo sido condenado em 1990 a 19 anos de prisão pelo assassinato do líder ambientalista acreano Chico Mendes. Depois da repercussão negativa do fato, o comando nacional do partido voltou atrás e tirou a presidência do assassino. 

 

Enrolados

 

O interessante é que mais da metade da bancada do partido na Câmara Federal está enrolada com a Justiça, e as acusações vão de pedófilia, passando por violência sexual, assédio, corrupção, fakenews, corrupção e tentativa de golpe. O pior é que muitos dos envolvidos nesses crimes se dizem homens de bem e tementes a Deus. É mole?!

 

Advogados

 

Ser advogado no Brasil é uma profissão de risco e em Rondônia não é diferente! No último dia 27, o escritório do advogado Bruno Valverde, em Porto Velho, foi alvo de tiros. Ninguém foi ferido ou preso e a Polícia Investiga o caso. Na cidade do Rio de Janeiro, no dia 26, foi executado o advogado Rodrigo Marinho Crespo, de 42 anos, nada foi roubado e o caso é um mistério para a polícia. Ninguém foi preso também. Já no Rio Grande do Norte, foi morta a tiros rambém a advogada criminalista Andreia da Silva Teixeira, de 44 anos, na madrugada de quarta-feira (28) em um condomínio do município de Parnamirim. Além dela, também foi assassinado o namorado Lenivaldo César de Castro, de 52 anos. Ninguém também foi preso e nada foi roubado! Lamentável e triste essa situação!

 

Quem viu e quem vê

 

Uma das mais antigas escolas públicas de Porto Velho está passando por uma situação vergonhosa. O Instituto de Educação Carmela Dutra está sendo reformado e os alunos correm um sério risco de ficarem sem aula neste início de ano letivo. Os pais estão desesperados com essa possibilidade. Os trabalhos no prédio da escola deveriam ter terminado antes do começo das aulas, porém, não foi o que ocorreu. Todos os estudantes estão em risco mas, em especial, os do último ano que se preparam para o Enem. A Seduc foi procurada pelo Rondoniaovivo, mas não se manifestou para explicar sobre essa situação. O espaço continua aberto!

 

Heuro

 

Um leitor da coluna nos procurou para expressar a indignação com as obras de construção do novo Hospital de Urgência e Emergência de Porto Velho, conhecido como Heuro. Ele afirmou que o que deveria ser um canteiro de obras a todo vapor se encontra praticamente abandonado. Afirmou também que o terreno é alagadiço, não sendo adequado para a construção no local de um hospital. Enquanto isso, o velho João Paulo II vive o drama de sempre, lotado e sem condições de atender com dignidade a população. Com a palavra a Secretaria Estadual de Saúde(Sesau).

 

Sem servidores

Falando ainda em saúde pública, quem precisar de transfusão ou quiser fazer uma doação de sangue no Heuro de Cacoal nesse mês de março, deve ficar atento aos dias. Isso porque, por falta de servidores, esses procedimentos serão oferecidos em datas alternadas. Um despacho da Sesau explica quando serão feitos esses trabalhos. Representantes do Sindicato dos Servidores da Saúde denunciam a situação e afirmam que uma das soluções seria chamar os aprovados no concurso público realizado em 2007. Adiantaram ainda que vão procurar a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Rondônia para denunciar o caso.

 

Inscrições para mesários

 

O Tribunal Regional Eleitoral está com as inscrições abertas para interessados em atuar como mesários nas eleições deste ano. Não há distinção de sexo e para se candidatar basta preencher o formulário de inscrição, neste link

 

Vice-reitora renuncia na Unir

 

Uma bomba caiu na Universidade Federal de Rondônia(Unir) na última sexta-feira(1). A professora Viviane Barrozo da Silva(foto) ou Viviane Ricciotti, que foi eleita como vice-reitora foi obrigada a abrir mão do cargo, por uso de falso diploma de doutorado. A assessoria de Comunicação da Unir informou que um Processo Administrativo Disciplinar(PAD), que visa apurar as infrações praticadas por servidor público, foi aberto. O Ministério Público Federal também foi comunicado. Segundo a universidade, o diploma em questão era o de Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A universidade gaúcha foi questionada e informou que não havia registro do diploma apresentado pela professora Viviane, confirmando a fraude. 

 

Sem vice

 

Diante da insustentável situação, a então vice-reitora eleita entrou com um pedido de renúncia do cargo, para o qual havia sido nomeada a partir de 07 de março. Assim, por enquanto, o cargo de vice-reitor da UNIR estará em vacância, de modo que serão tomadas as providências conforme legislação pertinente. Isso é o que podemos chamar de uma verdadeira ‘Reviravolta’. Vamos aguardar os próximos capítulos dessa série!

 

Perplexidade

 

Alguns professores da Unir, ouvidos pela coluna, afirmaram que na comunidade acadêmica dentro da instituição o clima é de perplexidade. Um contou que essa notícia envolvendo a vice-reitora eleita, deixou a universidade chocada e dividida. “Parte quer eleição geral, parte quer que o segundo do colégio eleitoral entre, parte quer que o segundo da consulta entre e parte quer que haja nova eleição pra vice. A minha é que deveria haver nova consulta a comunidade para vice com novos inscritos e um processo começando do zero”, declarou.

 

Mensagem

 

Outro docente afirmou que a professora Viviane enviou mensagens em grupos de whatsapp da universidade em abril de 2023, afirmando que havia defendido o doutorado. Disse ainda que Viviane é uma professora ativa na universidade com pesquisa. “Estou em choque! Não tinha necessidade de ela fazer isso. Sinceramente, não sei o que pensar e acho que essa história está mal contada”, opinou.

 

Resposta da UFRGS

 

A Ascom da Unir confirmou que, de fato, a professora Viviane defendeu e foi aprovada no doutorado do ano passado, porém, o que ela apresentou para concorrer ao cargo, não era verdadeiro. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul em resposta a Unir, mostrou uma série de inconsistências no diploma de doutorado dela como: nome errado do diretor do Instituto de Física; nome errado do reitor da UFRGS; formatação de brasões e marca d’água não condizentes com as da universidade gaúcha; número do processo que consta no diploma não existe nos arquivos da universidade; e, por fim, não há qualquer registro de Viviane Barroso da Silva no Programa de Pós-Graduação em Física do Instituto de Física da UFRGS.

 

Artista de RO em BSB

 

Uma equipe de 43 artistas rondonienses dos mais diferentes ramos estará participando da 4ª Conferência Nacional de Cultura, em Brasília, entre os dias 4 e 8, como delegados A representante do Ministério da Cultura no Estado, Maria de Fátima Ferreira, afirmou que os delegados foram escolhidos na conferência estadual e contaram com o apoio do Governo de Rondônia para o deslocamento até à capital federal. 

 

Debate Cultural

 

O evento tem como tema central "Democracia e Direito à Cultura" e como objetivo geral promover o debate sobre as políticas culturais com ampla participação da sociedade, visando o fortalecimento da democracia e a garantia dos direitos culturais em todos os âmbitos da federação, de forma transversal com todas as políticas públicas sociais e econômicas do Brasil.   

Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Machadinho do Oeste tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Jurandir de Oliveira em Santa Luzia do Oeste?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS