COLUNA SEMANAL: Havan lamenta que incêndio da estátua em RO continue sem solução

O cardápio de assuntos da coluna é o mais variado; a briga dos Cassol na última semana; a Caoa está leiloando o último Tucson feito no Brasil para o Hospital do Amor; e muito mais

COLUNA SEMANAL: Havan lamenta que incêndio da estátua em RO continue sem solução

Foto: Divulgação

 

Ivo Cassol X Jaqueline Cassol

 

Uma disputa que não começou e terminou na última semana. A peleja entre os irmãos já vinha se desenrolando, de forma discreta, fazia alguns meses nos bastidores da família. Mas, na última quarta-feira(13), o ex-governador Ivo Cassol(PP), literalmente, tomou a presidência do Partido Progressista em Rondônia, das mãos da irmã dele, Jaqueline Cassol. Ela, magoada, emitiu uma nota onde culpa o machismo na política, para a atitude do irmão.

 

Trator

 

O italiano parece que não veio para brincadeira! Uma das primeiras medidas é tornar o PP rondoniense oposição ao governador Marcos Rocha. Até então, a postura era de apoio ao governo estadual, tanto que o secretário estadual de Agricultura é o marido dela, Luís Paulo. Com essa mudança, muitos apostam que haverá mudanças na pasta.

 

Redenção?

 

A notícia de que Ivo Cassol voltou à presidência do PP se espalhou como fogo e pólvora em Rondônia. Carismático, sem papas na língua e tendo sido governador eleito e reeleito, ele é visto por muita gente como imbatível nas urnas para concorrer ao comando do Estado novamente. Antigos aliados e eleitores faziam questão de mostrar o sorriso com a notícia, já que ele ficou fora das últimas eleições para governador por problemas com a Justiça Eleitoral. 2026 está sendo visto como a redenção dele no cenário político local e, quiçá, nacional.

 

Detração da Pena

 

Mas apesar da boa nova para alguns, é bom conter o otimismo. Isso quer dizer que ainda é cedo para celebrações. Ivo Cassol venceu mais uma batalha, no entanto, a guerra ainda não acabou e ele precisará contar com a sorte. Advogados eleitoralistas consultados pela coluna explicaram que vai depender da detração da pena, que é o abatimento do total da pena a ser cumprida, tanto na privação de liberdade como na medida de segurança, do período em que o sentenciado esteve preso administrativamente ou por força da prisão provisória, no Brasil ou no estrangeiro.

 

 

Código Eleitoral

 

E ainda tem mais. “Na verdade, essa situação vai se assemelhar a uma detração penal, mas não o é, porque detração se desconta o tempo de pena já cumprida de outra maior que ainda terá. Por exemplo, se a pessoa ficou 3 anos presa preventivamente e foi condenada a 6, depois ela só vai cumprir 3, porque detrai 3 anos já cumprido. No caso do Eleitoral, o que será novidade no novo código é que a inelegibilidade começará a contar desde o julgamento em colegiado nos 8 anos pra frente. Hoje só começa a contar depois da pessoa cumprir a pena, então se ela teve uma pena de 4 anos, cumpriu, daí que começa a contar os 8, o que na prática acaba sendo 12 anos, no exemplo. No caso do Cassol ele é beneficiado porque o caso dele foi julgado em agosto de 2013 ou em julho de 2014 (para alguns), em ambas as datas ele já teria esgotado o prazo de 8 anos, estando apto, pela condenação do STF a disputar as eleições. Porém, no caso concreto ele acabou de cumprir a pena em novembro de 2018, logo, se for levar em conta a lei de agora, ele só estará apto em novembro de 2026. O que tiraria ele do jogo. Mas sendo aprovado o código, começa a contar do julgamento e não do cumprimento da pena, ele, portanto, já teria pago o tempo de inelegibilidade. Neste caso, a lei vai retroagir para beneficiar o condenado”, explicou um dos consultados, o advogado Juacy Loura(foto).

 

Provação

 

As especulações em torno do nome de Ivo Cassol no cenário político são as mais variadas possíveis. Mas em um ponto todos concordam, a possibilidade de ele estar no páreo em 2026, já está forçando verdadeiras operações de rearticulações em Rondônia. As eleições para vereadores e prefeitos serão um laboratório para saber se o italiano tem mesmo todo esse capital político que muitos acreditam que ele tem ou se o tempo dele na política se esgotou.

 

Ninguém pula fora

 

Nessa onda de reorganização das forças políticas rondonienses, Hildon Chaves, Marcos Rocha e Confúcio Moura já estão em campo, pessoalmente ou através de emissários, procurando nomes e lutando para ninguém os abandonar para se juntar na aposta de Ivo Cassol. Quem viver, verá!

 

Vinicius Miguel

 

Na capital, Vinicius Miguel(foto) busca unir os partidos de esquerda e centro para a disputa pela prefeitura. Nos bastidores, o comentário é que o PT não abre mão de vir como cabeça de chapa, tendo a ex-senadora Fátima Cleide à frente, e como vice, Vinicius Miguel. O PT quer assim, mas a ideia não está sendo bem digerida por outros partidos que veem uma certa arrogância nessa montagem de chapa. Talvez se houvesse uma inversão dos cargos, as chances seriam maiores. Do contrário, corre-se o risco de, mais uma vez, a esquerda chegar dividida para a disputa e como dizem no futebol ‘jogou muito, tinha o melhor time, mas perdeu como sempre’.

 

Esquecimento

 

Falando em eleições para vereadores, como está a famigerada CPI dos Combustíveis que foi tão alardeada pelos vereadores de Porto Velho? Tudo está indicando que faltou combustível para ela, ou não! Aos envolvidos, a palavra está com vocês!

 

Michele Senadora

 

Rondônia é um laboratório de políticos folclóricos e a população parece que gosta desses personagens, mesmo que depois reclamem das decisões. Pois bem, a última que nos chega é a informação de que Michele Bolsonaro, ela mesma, deverá se candidatar por esse Estado para disputar uma vaga ao Senado, em 2026. O que dizem é que a ex-primeira-dama está decidindo entre Rondônia e Santa Catarina, porém, o nosso estado tem um trunfo nessa disputa: o neto dela vai nascer em Rondônia. Imagine, um bolsonarista raiz, nascendo em um estado bolsonarista raiz com uma avó senadora e bolsonarista raiz. Só vai faltar vovô Bolsonaro se candidatar a governador de Rondônia, quando deixar de ser inelegível.

 

Novas regras eleitorais

 

Pessoal, a legislação eleitoral mudou e muita coisa já vai estar valendo para as eleições desse ano. É muito comum que candidatos e assessores se deixem levar pelo oba-oba e não procurem se informar sobre o processo eleitoral e as regras deles, arcando com prejuízos depois. Para evitar esse tipo de situação, o advogado eleitoralista Manoel Veríssimo está com o curso on-line ‘Advogando nas Eleições”. O lançamento será nos dias 8, 9 e 10 de abril na plataforma Instagram manoelverissimont e advogandonaseleicoes.com. Uma excelente oportunidade para se atualizar! Manoel esteve no Programa Conexão Rondoniaovivo, na última semana, onde explicou mais sobre as regras vão reger as eleições desse ano. Veja a conversa dele com o jornalista Ivan Frazão, aqui.

 

Crueldade

 

Mais um crime bárbaro contra travestis em Porto Velho foi desvendado pela Polícia. A vítima, conhecida como Helen de Roma, foi morta a golpes de facão pelo ex-militar Jaime S.L no dia 17 de fevereiro. O assassino tinha vindo do Acre para Porto Velho junto com a esposa. No dia do crime, deixou a mulher no hotel e foi para uma área de prostituição na rua Caparari, na capital. Jaime cometeu o crime e voltou para o Acre, onde após uma intensa investigação conjunta das Polícias Civil do Acre e Rondônia, prendeu o criminoso. Ele foi transferido para Porto Velho, aliás, o assassino já tinha uma acusação de ter tentado matar a esposa. No fim, como dizem, preso vai está quem morreu!

 

E a estátua da Havan?

 

Essa mesma agilidade da Polícia Civil de Rondônia, em desvendar crimes não está se vendo em outro episódio que colocou o nosso Estado na mídia nacional. Estamos falando do incêndio na estátua da Loja Havan, ocorrido em dezembro do ano passado, e que até hoje não se sabe quem são os autores desse crime. Por várias vezes, tentamos saber como estavam as investigações sobre o caso, porém, o silêncio por parte das autoridades locais é ensurdecedor. O motivo disso, só a Polícia Civil, pode responder.

 

Havan

 

A coluna entrou em contato com a sede da Havan, em Brusque, Santa Catarina, para saber como a empresa está vendo o ‘desenrolar’ desse episódio. A companhia respondeu através de nota, onde lamenta que a Polícia Civil de Rondônia não tenha avançado nas investigações. Veja o texo do Havan:  

 

Nota Oficial

 

Há exatos três meses do incêndio criminoso que destruiu a Estátua da Liberdade da Havan, em Porto Velho (RO), ainda não há informações da identificação dos possíveis criminosos. A investigação foi direcionada à Polícia Civil, que até o momento não teve nenhum progresso no caso.

 

Apesar da empresa ter oferecido uma recompensa para quem repassasse informações dos suspeitos, nenhum indício foi conquistado para o avanço das investigações.

 

A Havan lamenta a situação que também tem gerado insegurança na população que cobra respostas e agilidade da polícia local.

 

 

Ponte Brasil-Bolívia

 

A ponte que vai ligar o Brasil à Bolívia, em Guajará-Mirim, não vai ter um centavo de dinheiro dos bolivianos. Mas antes que você se revolte e comece a culpar o atual Governo Federal chamando de entreguista do patrimônio nacional, é preciso voltar na história. A construção da ponte é parte do pagamento do Tratado de Petropólis, assinado em 1903, entre Brasil e Bolívia. Nele, o Brasil ganhou o território do Acre, que pertencia aos bolivianos, mas estava, efetivamente, ocupado pelos seringueiros brasileiros durante a corrida à borracha da floresta amazônica. Em troca, o Brasil cedia as terras na foz do rio Abunã e na bacia do rio Paraguai. Tinha ainda de pagar uma compensação monetária de 2 milhões de libras esterlinas na época e, fechando o pacote tinha que fazer a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que ficou pronta em 1912 desde o porto de Santo Antônio, no rio Madeira, até Guajará-Mirim, no Mamoré, com um ramal até território boliviano. Nesse pacote estava a ponte entre os dois países. É, dívida é dívida!

 

 

Prêmio de Jornalismo

 

A coluna agradece ao convite feito para participarmos do lançamento do 1° Prêmio Comunicoop Rondônia, que reconhecerá as melhores reportagens sobre o impacto das cooperativas nas comunidades locais. O evento será no próximo dia 20, na Sede do Sistema OCB/RO, em Porto Velho. O jornalismo agradece pelo reconhecimento da importância da comunicação em todos os contextos de nossa sociedade! Sucessos!

 

Bruna Andrade

 

Quem esteve em São Paulo levando o nome de Rolim de Moura, e Rondônia por tabela, para o mundo foi a médica pós-graduada em Dermatologia e Medicina Estética, Bruna Andrade(foto). Ela participou na capital paulista do XX Congresso Mundial de Medicina Estética, promovido pela Associação Internacional de Medicina Estética (ASIME). O encontro aconteceu de 14 a 16 de março, no Centro de Eventos do Shopping Frei Caneca. Bruna foi uma das palestrantes, com o tema “PDRN: A Molécula de Muitas Possibildades”, que é extraída do salmão e visa retardar o envelhecimento.

 

Hospital do Amor

 

Após 5 anos do fim da produção da primeira geração do SUV Tucson, no Brasil, a CAOA irá leiloar a última unidade confeccionada deste modelo no mundo, um ícone do setor automotivo mundial e que saiu da linha de produção da planta de Anápolis (GO) até o ano de 2019. Todo o valor arrecadado por meio de leilão será convertido em doação para o Hospital de Câncer de Barretos, o Hospital de Amor Barretos.

 

05 de Abril

 

O leilão da unidade especial já está aberto na conhecida plataforma Super Bid e deverá ser mantido ativo até o dia 05 de abril, por meio do link: https://www.superbid.net/evento/caoa-1530h-246160. Essa iniciativa da CAOA deverá atrair o público que valoriza e apoia essa instituição, referência em tratamento oncológico no País, além de antigos e atuais usuários do SUV e colecionadores, atraídos pela unicidade e exclusivismo de ser a última unidade do SUV a ser produzida em todo o mundo.

Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Machadinho do Oeste tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Jurandir de Oliveira em Santa Luzia do Oeste?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS