AO SAIR DO BAR: Passageiro é preso com arma emprestada de PM após atirar dentro de carro de App

Policial dono da arma não foi localizado

AO SAIR DO BAR: Passageiro é preso com arma emprestada de PM após atirar dentro de carro de App

Foto: RONDONIAOVIVO

Mateus B. A., 24,  foi preso com uma pistola calibre 380 após atirar dentro de um carro de motorista de aplicativo neste domingo (31) em Porto Velho (RO). Ele alega que a arma era emprestada de um policial militar.

 

O acusado tinha acabado de sair de um bar e solicitou os serviços de um motorista de aplicativo de 30 anos para ir embora para casa. 

 

Durante o percurso, o motorista de aplicativo disse que ouviu um barulho de disparo de arma de fogo e viu o passageiro com uma pistola na mão.

 

Na sequência, o motorista parou na frente do apartamento do acusado, na Rua José Fona, bairro Igarapé. O passageiro alegou que só tinha uma parte do pagamento e iria buscar o restante com a esposa no apartamento.

 

Porém, ele não retornou e o motorista desceu do carro, se dirigindo até o apartamento. O acusado já estava dormindo e a esposa dele teria dito que depois seria feito uma transferência pix com o restante do apartamento.

 

O motorista ao retornar para o carro verificou que havia uma perfuração de tiro na porta traseira do veículo dele.

 

Foi então que o motorista acionou a Policia Militar e o acusado acabou preso com uma pistola calibre 380 contendo oito munições intactas e uma deflagrada. Um rádio HT também foi apreendido por suspeita de ter a frequência de comunicação da polícia.

 

Mateus alegou que a arma ele tinha  pego emprestada com um amigo PM enquanto os dois bebiam no bar.

 

Os policiais fizeram consulta na numeração da pistola e confirmaram que o armamento estava em nome de um PM e não havia restrição de roubo. O policial dono da arma não foi localizado.

Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ji-Paraná tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Cornelio em São Miguel do Guaporé?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS