Vinícola da Inglaterra - por Reinaldo Selhorst

 
Roma desembarcou território que hoje conhecemos como Reino Unido no ano de 54.d.C., quando Júlio César era Imperador. Como é sabido, era prática dos romanos cultivarem vinhedos para produção de vinho nos territórios ocupados. Mas há muita pouca evidência que foram bem sucedidos nas ilhas Britânicas. Nos séculos seguintes há registros de pequenas produções na costa sul.
 
 
 
Histórico de produção
 
 
Em 1066 os normandos conquistaram o território hoje ocupado pelo Reino Unido. Oriundos de uma região com grande histórico de produção vinícola, ao desembarcarem trouxeram junto religiosos que deram Impulso à produção local. Em 1086, o Domesday Book uma espécie de censo da época registrou 42 vinhedos por lá, sendo três deles associados a produção de vinho e 12 vinhedos anexos a monastérios. No entanto, em 1536, quando Henrique VIII dissolveu os monastérios, a pouca produção de vinhos se perdeu.
 
 
O renascimento do vinho inglês
 
 
Ainda segundo Stephen Sheldon, o vinho moderno inglês, que deu origem aos vinhos de qualidade disponíveis hoje no mercado, teve início em 1946, quando Ray Brock iniciou uma longa e ambiciosa  pesquisa com 600 variedades( vinífera e híbridas). Brock publicou diversos livros com o resultado de suas pesquisas.o primeiro vinhedo comercial da era moderna no Reino Unido foi plantado em 1952 pelo General Sir Guy. A área era de um acre, com três variedades, todas elas híbridas, O lançamento do primeiro vinho foi em 1955.
 
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS