BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

COVID-19: Candidatos que estiverem com febre não poderão prestar o exame da OAB

De acordo com a retificação do edital, examinandos também estão autorizados a utilizar máscara com haste de metal

CORREIO BRAZILIENSE

03 de Dezembro de 2020 às 09:05

Atualizada em : 03 de Dezembro de 2020 às 11:44

Foto: Divulgação

 

CORREIO BRAZILIENSE - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou duas alterações no edital da 2ª fase do XXXI Exame de Ordem. Uma delas visa garantir a segurança sanitária de todos: candidatos que estiverem com febre não poderão fazer a prova.

 
Anteriormente, segundo o edital, o examinando que estivesse com temperatura corporal acima de 37,8ºC seria encaminhado para sala extra. Agora, caso o candidato esteja com o sintoma, não poderá comparecer.
 
O ingresso de examinando no local de realização das provas será condicionado a utilização de máscara de proteção individual que cubra totalmente e simultaneamente boca e nariz, bem como a aferição de temperatura. O examinando que esteja com temperatura corporal acima de 37,8ºC não poderá realizar a prova prático-profissional”, diz a retificação.
 
A segunda mudança é a aceitação da máscara N95, com haste de metal. O primeiro edital dizia que o examinando poderia utilizar máscara de tecido ou de qualquer outro material, desde que não tivesse partes em metal. 
 
 
Prova confirmada
 
A prova prático-profissional será aplicada neste domingo (6). O presidente da Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado, José Alberto Simonetti, havia confirmado ao Eu, Estudante no início de novembro a aplicação do certame.
 
Nessa terça-feira (1º/12), a assessoria de Simonetti garantiu o exame no próximo domingo. Confira as mudanças no edital de retificação no site da Fundação Getulio Vargas. Os locais de prova podem ser acessados neste link.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS