PERGUNTA: Chico Pinheiro diz que Bolsonaro abandonou o cargo

Jornalista disse que Bolsonaro abandonou suas atribuições e deveria renunciar. Chico apoiou candidatura de Lula

 PERGUNTA: Chico Pinheiro diz que Bolsonaro abandonou o cargo

Foto: Divulgação

 

O jornalista Chico Pinheiro alegou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) "abandonou" suas atribuições como chefe do Executivo. A declaração se dá em razão da ausência de compromissos na agenda oficial do presidente desde a sua derrota para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de 2022.

 

Em seu Twitter, o jornalista acusou Bolsonaro de acabar com as verbas orçamentárias de diversas áreas. Além disso, alegou que o Itamaraty, Ministério das Relações Exteriores, se manifestou sobre a destituição do ex-presidente do Peru, Pedro Castillo, sem nem ouvir o presidente Jair Bolsonaro.
 
 
Em seguida, Chico Pinheiro pediu a renúncia do presidente sob a justificativa de que "falta menos de um mês".
 
 
"O Presidente da República abandonou o trabalho. Deixa sem dinheiro muitos que trabalham na Educação, a PF não tem recursos para passaportes, etc. Hoje caiu o pres. do Peru. O Itamarati se manifestou sem ouvir Bolsonaro. Por que o capitão não renuncia logo? Falta menos de um mês", escreveu o jornalista.
 
 
Chico Pinheiro e a política
 
Durante a campanha eleitoral, Chico apoiou a candidatura do presidente eleito Lula. A última vez que o jornalista participou ativamente de uma campanha política foi ainda na década de 1980, quando seu pai disputou o cargo de vereador na capital mineira.
 
 
Integrante dos quadros da TV Globo por 32 anos, Chico Pinheiro deixou a empresa em abril.
Direito ao esquecimento

Qual é a maior dificuldade no desenvolvimento econômico de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS