BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Hildon Chaves promete rescisão de contrato com a Caerd

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

30 de Setembro de 2020 às 08:25

Atualizada em : 30 de Setembro de 2020 às 08:30

Foto: Divulgação

SÉRIE DE ENTREVISTAS
 
O prefeito Hildon Chaves foi o segundo sabatinado da série de entrevistas que o Rondoniaovivo realizará com todos os candidatos a prefeito de Porto velho. Nosso objetivo é contribuir para que o eleitor tenha condições de escolher seu candidato à partir das propostas que ele apresentar para a sociedade.
 
SANEAMENTO
 
Sobre o tema saneamento, o candidato do PSDB disse que obras de drenagem são fundamentais para se pensar em começar o saneamento básico. Também ressaltou que mesmo com uma excelente infraestrutura não há escoamento que resista ao grande volume de água  das pancadas de chuva que ocorrem na Amazônia.
 
EXEMPLO
 
Entre os grandes empreendimentos que já teriam sido feitos pela prefeitura, Hildon citou uma drenagem profunda no bairro Flamboyant, zona Leste, onde segundo ele não haverá tão cedo problemas de alagamento.
 
ÁGUA
 
O prefeito citou que o abastecimento de água tratada em Porto Velho chega no máximo a 25%. Disse que conseguiu “colocar em pé” parceria pública privada e que ainda este ano haverá licitação para o saneamento básico da capital.
 
BILHÕES
 
O candidato do PSDB enfatizou que um plano bem elaborado de saneamento só pode ocorrer com PPP pois é inviável para o município colocar recursos próprios. O custo do empreendimento, de acordo com Hildon, pode chegar a 2 bilhões de reais.
 
DINHEIRO DE FORA
 
Hildon Chaves informou que saneamento é algo que precisa de fundos internacionais, dinheiro que só pode ser obtido com parcerias.
 
FIM DE CONTRATO
 
Sobre água tratada, Chaves afirmou que vai promover rescisão de contrato entre município e Caerd por inoperância. A Companhia de água e Esgoto de Rondônia não teria cumprido com acordo firmado com a cidade. 
 
 
ECONOMIA
 
O candidato citou que cada real investido em água tratada ocasiona uma economia de 4 reais na saúde por pessoa. Disse que em 15 dias a cidade já terá um plano que poderá possibilitar a universalização da água e esgoto em Porto Velho.
 
SEM USO
 
Hildo disse que Porto Velho tem mais de 400 km de Rede Seca. Tubulações enterradas que nunca serviram para nada, pois nunca teria passado uma gota de água pelos encanamentos.
 
SAÚDE
 
O candidato do PSDB afirmou que não há mais lotação nas unidades de saúde e que há médicos e remédios para atender a atual demanda.
 
COBRANÇA
 
O prefeito reconhece que existem problemas, mas que na visão dele seriam pontuais. Argumentou que vários fatores podem ocasionar entraves e provocar faltas e atrasos. É tudo muito complexo, segundo Hildon, e algumas licitações para insumos simples podem levar até 06 meses.
 
PÉSSIMAS CONDIÇÕES
 
O prefeito admitiu que a estrutura física das unidades de saúde é péssima, está tudo mal conservado. Há um problema conjuntural, segundo o candidato, que leva tempo já que o dinheiro chega a conta gotas, esclarece o prefeito.
 
SUPORTE
 
Hildon disse que atualmente Porto Velho e os distritos estão sendo atendidos por mais de 30 ambulâncias novas. A falta de veículos, de acordo com Hildon, fazia com que pacientes tivessem que ser transportados na carroceria de camionetes. Ele promete mais investimentos no setor.
 
UPA
 
O candidato reconhece que os distritos precisam de muito mais atenção na saúde. Ele argumentou que conseguiu amenizar o problema na região de Jaci-Paraná com a inauguração da UPA que recebe pacientes até de distritos mais distantes como Extrema e Nova Califórnia.
 
TRANSPORTE
 
O tema final da entrevista com Hildon Chaves foi o transporte coletivo. Enfatizou que toda a demora que houve para a licitação ocorrer teria sido por conta de exigências do Tribunal de Contas que pontuou todos os itens que deveriam constar no Edital de Licitação.
 
EM OPERAÇÃO
 
O prefeito anunciou em primeira mão que os novos ônibus já estarão rodando na sexta-feira, dia 02, data de aniversário da cidade. Serão 20 veículos nessa primeira fase de operação e mais 50 à partir do dia 17.
 
DISPUTA
 
Hildon Chaves não vê problema com os transportes alternativos que surgiram na capital após as sucessivas greves e paralisações no transporte público. O candidato finalizou dizendo que há espaço para todo mundo. O que não poderia ocorrer, segundo Hildon, é a cidade ficar sem transporte coletivo.
 
PRÓXIMO
 
O entrevistado de hoje será o candidato do PCdoB, jornalista e professor universitário Samuel Costa. A entrevista começa às 9 e meia da manhã.
 
04 MESES
 
Os quatro prefeitos presos pela Polícia Federal na operação Reciclagem não devem voltar mais para as prefeituras neste ano. A justiça determinou que eles deverão ficar afastados do cargo, inicialmente, por um período de 120 dias.
 
 
SEQUESTRO DE BENS
 
Diante dos inúmeros registros de pagamento de propina aos acusados, a Justiça também determinou o sequestro de bens dos envolvidos. A medida é para garantir eventual ressarcimento de dano causado pelo crime ou eventual indenização de vítimas.
 
VALORES
 
A decisão judicial definiu os valores em: 555 mil reais para Luiz Schock; 360 mil reais de Glaucione Rodrigues, 360 mil de Gislaine Clemente e 150 mil reais e Marcito Pinto.
 
SIGILO
 
Para não prejudicar as investigações e diligências, o processo está sob sigilo, tendo informações na decisão que não podem ser divulgadas, segundo informou o relator do processo.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS