PANDEMIA E O COMÉRCIO: Marcos Rocha diz que donos de bares estão sofrendo por isso decidiu abrir estabelecimentos

Abertura de bares e flexibilização do comércio vêm em um momento onde o estado tem todos os hospitais lotados e filas de espera por leitos

PANDEMIA E O COMÉRCIO: Marcos Rocha diz que donos de bares estão sofrendo por isso decidiu abrir estabelecimentos

Foto: Divulgação

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã deste sábado (17), o governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (sem partido) afirmou que conversou com representantes do comércio de bares, e decidiu por liberar a abertura deste serviço.
 
Segundo Marcos Rocha, desde o início da pandemia, os bares estão sofrendo sanções de fechamento, devido a pandemia de covid-19. Com isso os empresários estão passando por dificuldades, e assim decidiu por permitir o funcionamento.
 
O novo decreto publicado na noite da última sexta-feira (16), permitiu a abertura dos bares mesmo na Fase 1, com 30% da capacidade máxima, som ao vivo com limitações e funcionamento até às 23h. A abertura é permitida tanto nos dias úteis, quanto nos fins de semana.
 
Após a publicação do decreto, várias pessoas nas redes sociais criticaram a ação do governo sobre a abertura destes serviços. O secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo, afirmou que as novas medidas adotadas pelo governo, foram devido a queda na fila de espera por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
 
O número de pessoas na fila realmente teve uma queda, mas as UTIs de todo o Estado continuam 100% lotadas.
 
Em Rondônia, 4.737 pessoas foram mortas pelo coronavírus e mais de 200 mil foram infectadas pelo vírus.
 
Ainda de acordo com o Governador, se o número de contágio continuar a cair, não será necessário aplicação de novas medidas mas rígidas.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS