EDUCAÇÃO: Aplicação do Sistema de Avaliação Educacional de RO começa segunda (20)

O Saero é realizado por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc)

EDUCAÇÃO: Aplicação do Sistema de Avaliação Educacional de RO começa segunda (20)

Foto: Assessoria

Entre os dias 20 a 24 de novembro, acontece a aplicação do Sistema Permanente de Avaliação Educacional de Rondônia (Saero), edição 2023. O projeto é composto de testes de Língua Portuguesa e Matemática, na metodologia da Teoria da Resposta ao Item. O Governo de Rondônia, inicia a aplicação nesta segunda-feira (20) para mais de 100 mil estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio da rede estadual e municipal.
 
O Saero é realizado por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e tem a coordenação da Diretoria-Geral de Educação. A avaliação vai verificar o desempenho dos estudantes, de modo a fornecer ao sistema de ensino, às equipes técnico-pedagógicas, e unidades escolares informações que subsidiem a viabilização da articulação dos resultados com o planejamento escolar, a capacitação e o estabelecimento de metas para o projeto de cada escola.
 
Para o governador de Rondônia, o Saero é responsável por compor o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Rondônia (Idero), em conjunto com as taxas de aprovação verificadas pelo Censo Escolar e demais indicadores mensurados a partir do processo avaliativo. “O Saero ajuda a traçar metas para melhorar a educação do Estado. É por meio dessa avaliação que conseguimos planejar ações para promover o desenvolvimento de aprendizagem dos estudantes”, pontuou.
 
Segundo o coordenador do Saero, Kary Falcão, os dados também serão utilizados, em especial à correção do fluxo escolar, a aquisição das aprendizagens essenciais definidas pelo referencial curricular com produção de microdados. Tudo pautado no planejamento, estruturação, modelagem e elaboração dos instrumentos de avaliação, protocolos e divulgação de resultados com devolutivas pedagógicas.
 
“A prova possibilitará a avaliação diagnóstica e formativa quanto ao nível de aprendizagem dos estudantes, com avaliação de larga escala em Língua Portuguesa, Matemática e questionários contextuais da condição socioeconômica dos estudantes, através de contrato com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação”, destacou o professor.
 
 
FORMAÇÃO PARA OS APLICADORES           
 
A Gerência de Avaliação Externa da Coordenadoria de Acompanhamento e Informação Educacional (Caie) realizou formação inicial com 18 titulares das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) e 52 coordenadores municipais e, em setembro de 2023, promoveu orientação a todas as secretarias municipais de educação para garantir a qualidade no processo
 
Na quinta-feira (16), foi realizada a última formação para aplicadores dos testes do Saero 2023, transmitida ao vivo pelo canal do YouTube, do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RO). A live foi realizada pelo especialista em Educação, Vinicius de Moraes e o pelo coordenador do projeto, o professor Kary Falcão. Cerca de 704 aplicadores de todos os municípios de Rondônia assistiram a transmissão e sanaram dúvidas.
 
Para 2023, o Saero será realizado com o quantitativo de estudantes abaixo:
 
2º ano Ensino Fundamental: 21.763
3º ano Ensino Fundamental: 19.066
5º ano Ensino Fundamental: 20.243
9º ano Ensino Fundamental: 23.851
2º ano Ensino Médio: 18.542
Total de estudantes – Saero 2023 103.465
 
 
SOBRE O SAERO
 
O Saero é uma iniciativa do Governo de Rondônia que tem o propósito de fortalecer o regime de colaboração entre o Estado e municípios, bem como fornecer subsídios pedagógicos às 52 secretarias municipais de educação nas tomadas de decisões referentes à política educacional.
 
O projeto teve início em 2012 e foi realizado na Rede Estadual até o ano de 2016, sendo reestruturado em 2022 com o quantitativo de 87.297 estudantes, com uma avaliação diagnóstica com caráter formativo do processo de ensino-aprendizagem em todas as escolas públicas estaduais e municipais.
 
A avaliação contemplou os estudantes do 2º e 3º ano do ensino fundamental para apresentar resultados à governança do Programa de Alfabetização na Idade Certa; contemplou os estudantes do 5º ano do ensino fundamental para compor subsídios na política de cooperação em razão do Índice de Desempenho Educacional de Rondônia. E, também atendeu os estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e 2º ano do Ensino Médio nos protocolos de avaliação diagnóstica e formativa de acompanhamento e monitoramento pedagógico da Seduc.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Professores e policiais militares devem ter direito à isenção de IPVA?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS