WHATSAPP: PF prende homem que encomendou notas falsas em Rondônia

Os procedimentos foram lavrados na Delegacia da Polícia Federal de Guajará Mirim/RO

WHATSAPP: PF prende homem que encomendou notas falsas em Rondônia

Foto: Divulgação/PF

A PF prendeu na manhã de hoje, 21, um indivíduo, de 36 anos, que encomendou via grupo de WhatsApp, notas contrafeitas (falsificadas) que iria circular na cidade de Nova Mamoré/RO, local onde se deu a prisão. A ação decorreu de informações que indicavam a suspeita de envio de moedas falsas pelos Correios que teria como destino final a cidade de Nova Mamoré/RO.
 
Policiais federais, então, realizaram deslocamento e surpreenderam o conduzido no momento em que recebia a encomenda que continha as referidas notas. Em seguida, realizaram a abertura do envelope, onde constatou-se a existência de 10 (dez) cédulas idênticas à nota de 100 (cem) reais.
 
Os procedimentos foram lavrados na Delegacia da Polícia Federal de Guajará Mirim/RO e o conduzido encaminhado ao Presídio de Nova Mamoré/RO, onde permanecerá à disposição da Justiça. 
 
A Polícia Federal realiza rotineiramente fiscalização das encomendas postadas, via Correios, em todo Brasil, no intuito de coibir a prática de crimes, dentre eles a falsificação de moedas e documentos federais, como foi o caso noticiado. 
 
Direito ao esquecimento

Quem você apoiaria para ser senador por Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Saura & Laia LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS