CACOAL: Temporal deixa 300 desabrigados e população sem água

Alagamentos causaram transtornos e prejuízos para moradores de áreas próximas aos rios

O levantamento apresentado nesta terça-feira (26) indica que o temporal que caiu em Cacoal na segunda-feira deixou pelo menos 300 famílias desabrigadas, conforme informação da Defesa Civil. A maioria dos atingidos buscou abrigo em casas de parentes em locais longe das áreas de riscos. O abastecimento de água potável também foi afetado deixando a população desassistida, por conta do rompimento de uma rede adutora.
 
A intensa chuva que iniciou no domingo a noite chegou a 70 milímetros na medida pluviométrica fazendo transbordar os rios Pirarara, Tamarupá e seus afluentes. Foram afetadas as residências mais próximas dos canais dos rios. Pontos de alagamentos foram registrados nos bairros Conjunto Halley, Josino Brito, Sete de Setembro, Habitar Brasil, Jardim Saúde, Nova Esperança, Vilage e Floresta. 
 
No perímetro urbano de Cacoal diversas ruas ficaram alagadas forçando os condutores de veículos a mudarem suas rotas. A BR-364 também teve pontos de alagamentos dentro da cidade e no trecho rodoviário entre Cacoal e Presidente Médici chegou a ficar interditada por toda a manhã e parte da tarde de ontem (25).
 
Nesta terça-feira ainda chove em Cacoal, Pimenta Bueno e Espigão do Oeste onde estão as cabeceiras dos rios que formam a bacia do rio Machado.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Aldo Júlio em Rolim de Moura?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ariquemes tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS